Os Anjos no Diário de Santa Faustina

Os Anjos no Diário de Santa Faustina
Os Anjos no Diário de Santa Faustina

Os Anjos no Diário de Santa Faustina
Os Anjos no Diário de Santa Faustina

Não estamos sozinhos neste mundo. No cotidiano de nossas vidas contamos com a presença e o auxílio de amigos celestiais: os Santos Anjos! Portanto, como já dizia São José Maria Escrivá: “Trata o teu Anjo da Guarda como um amigo íntimo e ele saberá te prestar mil serviços nos afazeres habituais de cada dia”.

Os Santos Anjos estão a serviço da santificação e da salvação da humanidade. São mensageiros e servos de Deus, sempre ativos. O Catecismo nos ensina: “Eles ai estão, desde a criação e ao longo de toda a história da salvação, anunciando de longe ou de perto esta salvação e servindo ao desígnio divino de sua realização: fecham o paraíso terrestre, protegem..., salvam..., seguram..., comunicam..., conduzem..., anunciam..., assistem...” (CIC, 332).

Santa Faustina Kowalska, empenhada por cumprir com docilidade tudo o que Jesus lhe pedia, pode contar com a constante presença de Anjos em sua vida. Sobre sua convivência com o amigo celestial, ela escreveu: “Das criaturas nada espero, e convivo com elas na medida em que a necessidade o exige. (...) A minha convivência é com os Anjos (Diário, 1200).

Loja SantuárioNo Diário espiritual de Santa Faustina encontramos mais de 100 anotações a respeito da presença dos Santos Anjos em sua vida. E a sua biografia narra que desde muito pequena ela já recebia a visita do Amigo celestial que lhe acordava nas madrugadas para que ela pudesse rezar. Depois, já como religiosa, ela relata que em suas viagens ela contava com a presença visível, apenas para ela, do Anjo da Guarda que a acompanhava e protegia. Também nas batalhas espirituais que enfrentou Faustina contava com a assistência de seu Anjo.

Este livro, portanto, é um estudo sobre a dimensão da presença dos Santos Anjos da vida de Santa Faustina e, mais do que isso, nos esclarece pontos importantes sobre o nosso relacionamento com essas criaturas divinas.

O Diário de Santa Faustina

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*