Rico em misericórdia

Rico em misericórdia

Rico em misericórdiaEscrita pelo Papa João Paulo II em 1980, esta Encíclica é a única na história da Igreja dedicada a falar exclusivamente da Misericórdia Divina. Ecoando as palavras de Jesus deixadas a nós por meio dos escritos de Santa Faustina, São João Paulo II indica, nesta obra, que somente na misericórdia de Deus o mundo encontrará a paz e o homem a felicidade.

O Papa João Paulo II acreditava que a Igreja tem o dever de, em toda a sua missão, dar testemunho da Misericórdia Divina. “Quanto mais a consciência humana, sucum­bindo à secularização, perder o sentido do significado próprio da palavra ‘misericórdia’, e quanto mais, afastando-se de Deus, se afastar do mistério da misericórdia, tanto mais a Igreja tem o direito e o dever de apelar com grande clamor para o Deus da misericórdia”, escreveu ele.

É por isso que ao longo de todo o seu Pontificado ele tratou a mensagem do amor misericordioso de Deus como a sua tarefa primordial, de maneira que a sua vida tornou-se uma súplica constante à Misericórdia Divina. E ao concluir o texto desta Encíclica, deixou um apelo a todo cristão: “É, pois, necessário que tudo o que acabo de dizer neste documento sobre a misericórdia se transforme continuamente em fervorosa oração, num clamor a suplicar a misericórdia, se­gundo as necessidades do homem no mundo contemporâneo. E que este clamor esteja impregnado de toda a verdade sobre a misericórdia que tem expressão tão rica na Sagrada Escritura e na Tradição, e também na autêntica vida de fé de tantas ge­rações do Povo de Deus”.

A leitura dessa Encíclica faz-se atual e necessária – ainda que tenha sido escrita há mais de 35 anos. Por meio das palavras de João Paulo II encontramos a compreensão necessária de que o que põe limite ao mal é a Misericórdia Divina.

Loja Santuário

O Diário de Santa Faustina

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*