Primeira Palestra – 16º Congresso Nacional da Divina Misericórdia

PRIMEIRA PALESTRA

Irmã Ângela – A DIMENSÃO MARIANA DA MENSAGEM DE FÁTIMA

1ª aspecto

Deus trouxe cada um de vocês a este congresso também para que fiquem em vosso coração a resposta de nossa senhora a lúcia quando a pequena lúcia perguntou a Nossa Senhora e eu fico aqui sozinha? E então Nossa Senhora respondeu: “Não, minha filha, eu nunca te deixarei. O meu Imaculado Coração será o teu refúgio e o caminho que te conduzirá até Deus.”

Hoje, assim como em Caná, há dois mil anos, Nossa Senhora fala com Jesus o que nos faz falta. E pode ser não tem paz, não tem a graça conversão, e Ela faz uma lista do que não temos e pede a Jesus. Por isso, Nossa Senhora é o nosso refúgio, porque hoje como há dois mil anos ela continua a interceder por nós. E Nossa Senhora é o nosso caminho por ser exemplo e modelo. Há dois mil anos Ela disse aos serventes de Caná: “fazei tudo o que o meu Filho vos disser”. Hoje, ela continua a nos mostrar o caminho para sermos também nós verdadeiros discípulos de Jesus.

No ano 2000 o cardeal Ratnzinger preparou um comentário teológico para o Segredo de Fátima. Ele pegou a expressão Coração Imaculado de Maria e explicou para todos nós o que significa ser devoto do Coração de Maria.

Ele nos diz: “um verdadeiro devoto de nossa senhora não é só trazer flores. É muito bonito, é importante, mas não é o essencial”. Ser devoto de nossa senhora não é só por vela em suas imagens, é importante, mas não é o essencial.

O que é o essencial da devoção de Maria?

O cardeal ratzinger explica de maneira muito simples. Comecem pela palavra coração de Maria, e ele diz coração de maria não é o órgão, é coração no sentido bíblico, que refere-se a pessoa toda. É o centro da pessoa, onde está em conjunto a minha inteligência, a minha memória, a minha vontade, a minha liberdade, a minha afetividade. Então quando ele diz que na bíblia aparece a palavra coração de Maria, o Cardeal Ratzinger diz que é toda a pessoa de Maria.

O Cardeal também diz que o coração de Maria é Imaculado – com isso ele explica que Maria foi imaculada no inicio, manteve-se imaculada toda a sua vida, até a assunção, até o fim.

O que quer dizer Imaculada?

A vida de Maria pode-se resumir a uma expressão, que ela disse ao anjo Gabriel: “faça-se em mim segundo a tua palavra”.

O Cardeal fala que Maria tem o seu coração Imaculado porque toda a sua vida gerou em volta desse eixo. Ou seja toda a inteligência de Maria, toda a memória, toda a liberdade, a sua escolha, o seu sentimento, foi tudo em torno do eixo “faça-se em mim segundo a tua palavra”. E este é o segredo da devoção a Maria.

Um devoto do coração de Maria é aquele que procura viver tendo como eixo da sua vida: seja feita a Tua vontade ó Pai. O devoto do coração de Maria é aquele que se aproxima desta atitude e faz da sua vida: “faça-se em mim segundo a tua palavra”. Por isso, Nossa Senhora é o nosso exemplo de caminhar para Jesus. O devoto é aquele que confia Nela, porque Ela continua a pedir a Jesus por suas dificuldades. Um devoto é aquele que olha para Maria e a imita nesta atitude: em tudo fazei a vontade do Pai.

2ª aspecto: A Senhora do Rosário

“Maria Conserva tudo no seu coração”

São Lucas diz essa expressão em dois lugares: Belém, onde inicia a vida de Cristo, e Jerusalém, onde Jesus morre e ressuscita. E Maria conserva em seu coração os mistérios da vida de Jesus, desde o seu início até a sua ressurreição.

Com a oração do Rosário é onde nós também contemplamos todos os mistérios da vida de cristo. Em todas as aparições Nossa Senhora faz um pedido aos pastorinhos: quero que rezem o terço todos os dias.

Comecem a rezar o rosário, e um dia o Espírito Santo os fará entender a importância dessa oração. A dinâmca de Deus é essa: A gente adere a Ele de coração, e então Ele vai nos explicando. E depois o conhecimento aumenta a nossa relação com Deus. Mas não posso esperar entender tudo para decidir rezar.

Por que o rosário é tão importante que Nossa Senhora o pede em todas as aparições?

O Papa João Paulo II explica muito bem, em sua carta ao rosério de Santa Maria: O rosário mais do que uma oração a Nosssa Senhora é uma oração com Nossa Senhora contemplando o rosto de Jesus. Mais que uma oração mariana o terço é uma oração cristológica.

Quando rEzamos o terço, vamos junto com Nossa Senhora contemplando o mistério de Cristo, que Ela guarda no seu coração. Por meio do olhar de Nossa Senhora contemplamos Cristo.
O papa nos diz: mais que uma oração vocal, o terço é uma oração contemplativa. E é uma oração baseada no evangelho.

No número 15 da carta do Papa ao Rosário, ele nos diz: Rezar o rosário transporta-me misticamente para junto de nossa Senhora, e isto permite a ela trabalhar a minha alma, moldar-me, até que Cristo esteja formado em mim plenamente.

Então, rezar o terço por quê?

  1. Porque Nossa Senhora pediu, e se ela pediu eu faço com simplicidade;
  2. Porque é um itinerário para a minha configuração com Cristo para a santidade, porque mais que uma oração mariana é uma oração cristã – centrada na contemplação do rosto de Cristo;
  3. Porque é uma oração para a paz.

 

3º aspecto: Como Lúcia descreve Nossa Senhora

A linguagem do segredo de Fátima fala de realidades, de verdade, mas  com uma linguagem simbólica.

Na terceira parte do segredo de Fátima temos um anjo com uma espada de fogo que tenta tocar a terra, mas ele não consegue fazer mal algum porque Nossa Senhora estava lá e com o brilho da sua mão impede que as chamas toquem a terra.

Depois temos Maria olhando por uma grande peregrinação de fiéis com o Papa, eles passam por uma cidade em ruinas e caminham por uma montanha

Maria, vestida de sol, cuida e zela.

No concílio vaticano II, em um capítulo dedicado à Nossa Senhora, número 62, a Igreja diz:

Maria cuida com amor materno dos irmãos de Jesus, que entre perigos e angústias, caminham ainda na terra.