Testemunho: Transformado pela Divina Misericórdia

Com a Campanha Devotos da Misericórdia, nós buscamos sustentar o anúncio da devoção à Divina Misericórdia, para que ela se espalhe cada vez mais pelo Brasil e pelo mundo, transformando vidas. Foi isso que aconteceu na vida do João Paulo da Silva, confira.

João Paulo da Silva, hoje com 35 anos, viveu durante treze anos tomado pelas drogas, quando teve sua vida transformada pelo amor de Jesus Misericordioso. Ele conta que com nove anos começou a fumar escondido dos pais. Naquele tempo, sem que soubessem o motivo, certo dia seu pai vendeu a casa da família, que acabou tendo de ir morar de favor em uma favela. “Foi aí que tudo começou, me envolvi com pessoas erradas, comecei a fumar maconha e também a tomar bebidas alcoólicas. Fumava até o ponto de que essa droga já não me sustentava mais, foi então que eu passei para a cocaína e depois para o craque, que são drogas fortíssimas e que me deixavam alucinado de tal forma que eu já não ficava mais dentro de casa”, relata.

João afirma que sentia cada vez mais necessidade de se drogar. Ele trabalhava para sustentar seu vício, chegava a vender o que sua mãe tinha dentro de casa e quando não tinha dinheiro cheirava cola. “O tempo foi passando e eu cada vez mais me afundando, até que fui parar nas ruas, mendigando, me consumindo”.

Durante treze anos, João passou por muitas situações penosas, passou frio, fome e quase foi preso. Ele se drogava cada vez mais, até que um dia um casal o encontrou num terreno baldio e ofereceu ajuda, eles o levaram para uma comunidade que acolhe dependentes químicos, a casa de recuperação Fonte de Misericórdia. “Eu, já não aguentava mais aquela vida miserável que levava, aceitei a ajuda. Tenho certeza que foi Deus quem me socorreu ali, Ele tinha um propósito para a minha vida”, conta João Paulo.

O tratamento de João levou três meses, a recuperação não utilizou remédios para desintoxicação, mas o próprio Jesus, por meio da oração, adoração e meditação da Sagrada Escritura. “Passados alguns dias, ficando em frente daquela caixinha, que agora eu sei que é o Sacrário, fui sentindo algo diferente dentro de mim, algo extraordinário e inesquecível, senti o verdadeiro amor de Deus por mim, foi quando aconteceu o meu primeiro encontro”, afirma João.

Já desintoxicado, João voltou a morar com a mãe, porém, devido ao fato de ter usado drogas fortes por tanto tempo, passou mal e teve de ser internado. Seu corpo ficou totalmente paralisado, e havia a possibilidade de ele utilizar cadeira de rodas. “Fiquei muito abalado, então comecei a rezar e conversar com Jesus, assim como fazia na Casa Fonte de Misericórdia. Falava, reclamava do porquê de Ele me ter tirado das drogas, que me consumiam por treze anos, e agora me deixar preso em uma cadeira de rodas”, conta João.

Deus agiu na vida de João Paulo, ele permaneceu mais três meses no hospital, tomando antibióticos. Quando saiu, foi levado ao Grupo de Oração Divina Misericórdia, onde Jesus o tocou e curou.

“Jesus começou a me devolver a vida, hoje sou servo do Grupo de Oração Divina Misericórdia, sou Ministro da Eucaristia, me casei, tenho minha própria casa, estou empregado e feliz por ser um filho da Misericórdia Divina”, finaliza João.