Novena à Santa Faustina
Novena à Santa Faustina
Notícias

1º DIA: Felizes os que põem a sua confiança em Deus

A alma que confiar na Minha misericórdia é a mais feliz, porque Eu mesmo cuido dela (D. 1273). Concedo-lhe a Minha confiança e dou-lhe tudo que Me pede (D. 453).

Não compreendo como é possível não confiar n’Aquele que tudo pode. Com Ele tudo, e sem Ele — nada. Ele é o Senhor e não permitirá, nem consentirá, que sejam confundidos aqueles que puseram n’Ele toda a sua confiança (D. 358).
Santa Faustina, obtende para mim a graça da filial confiança no Senhor Deus, que pode realizar todas as coisas. Ele é a própria Sabedoria e nos ama com um eterno amor.


ORAÇÃO PARA OBTER GRAÇAS POR INTERCESSÃO DE SANTA FAUSTINA (Rezar ao final de cada oração diária)


Ó Jesus, que fizestes de Santa Faustina uma grande devota da Vossa ilimitada misericórdia, dignai-Vos, pela sua intercessão, se for do agrado da Vossa santíssima vontade, conceder-me a graça (... petição silenciosa) que Vos peço.

Eu, pecador, não sou digno da Vossa misericórdia. Eu Vos peço, pois, pelo espírito de sacrifício e dedicação de Santa Faustina, e por sua intercessão, atendei os pedidos que, com confiança, Vos apresento.

Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai...

E Tu, Faustina, dom de Deus para o nosso tempo, dom da terra da Polônia para toda a Igreja, obtém-nos perceber a profundidade da divina misericórdia, ajuda-nos a fazer-lhe a experiência viva e a testemunhá-la aos irmãos. A tua mensagem de luz e de esperança se difunda em todo o mundo, estimule à conversão os pecadores, abrande as rivalidades e os ódios, abra os homens e as nações à prática da fraternidade. Nós, hoje, fixando contigo o olhar sobre o rosto de Cristo ressuscitado, fazemos nossa a tua oração de confiante abandono, e dizemos com firme esperança: Jesus, eu confio em Vós!


2º DIA: Confiança como resposta ao conhecimento do mistério da misericórdia de Deus


Tudo que existe, está encerrado nas entranhas da Minha misericórdia, e de forma mais profunda que a criança no ventre da mãe. Quanta dor Me causa a falta de confiança em Minha bondade. Os pecados que Me ferem mais dolorosamente
são os de desconfiança (D. 1076).

Agora, sei que até as almas escolhidas e avançadas na vida religiosa ou espiritual não têm a coragem de confiar plenamente em Deus. E isso acontece porque poucas almas conhecem a insondável misericórdia de Deus, a Sua grande bondade (D. 731).

Santa Faustina, ajudai-me a penetrar mais e mais profundamente no mistério da misericórdia de Deus; ajudai-me a descobrir a bondade de Deus de modo que eu possa confiar n’Ele cada vez mais e não O fira com minha desconfiança.


3º DIA: Fé

O que tu estás vendo [na] realidade estas almas vêem pela fé. Oh! como Me é agradável a grande fé delas (D. 1420). Peço ardentemente ao Senhor que se digne fortalecer a minha fé, para que, na vida cotidiana e monótona eu não me deixe levar pelas disposições humanas, mas pelo espírito. Oh! como tudo atrai o homem para a Terra! Mas a fé viva mantém a alma em esferas mais elevadas, e designa para o amor próprio o lugar que lhe convém, isto é, o último (D. 210).

Santa Faustina, obtende para mim uma fé forte e viva, a fim de que chegue a conhecer o amor misericordioso de Deus para com as criaturas, de modo que tanto mais eu O conheça, mais eu queira confiar n’Ele.


4º DIA: Esperança

Causam- Me prazer as almas que recorrem à Minha misericórdia. A estas almas concedo graças que excedem os seus pedidos (D. 1146).

Ainda que tivesse sobre a minha consciência os pecados do Mundo inteiro e os pecados de todas as almas condenadas, não duvidaria da bondade de Deus, mas sem pensar me lançaria no abismo da misericórdia de Deus, que está sempre aberta para nós, e com o coração reduzido a pó, me lançaria a Seus pés, submetendo-me inteiramente à Sua santa vontade, que é a própria Misericórdia (D. 1552).

Santa Faustina, obtende para mim uma esperança resoluta, de modo que, em meu caminho para o Céu, eu possa sempre contar com o perdão de Deus e o auxílio de Sua graça em cada situação, particularmente nos momentos difíceis.


5º DIA: Amor

Sou o Amor e a própria Misericórdia e não existe miséria que possa medir-se com a Minha misericórdia, nem a miséria a esgotará, visto que à medida que se dá — aumenta (D. 1273). Foi o amor que Me trouxe e o amor Me retém. Minha filha, se soubesses que grande mérito e recompensa tem um só ato de amor puro para Comigo, morrerias de alegria. Digo-te isso, para que te unas continuamente Comigo pelo amor (D. 576).

Amor, amor e mais uma vez amor a Deus! Superior a isso nada há nem no Céu, nem na Terra. O mais sublime é o amor a Deus, e a autêntica grandeza está em amá-Lo. Também a verdadeira sabedoria consiste nesse amor a Deus. Tudo o que é nobre e belo está em Deus, fora de Deus não existe beleza nem grandeza (D. 990).

Santa Faustina, obtende para mim um ardente amor para com Deus, a fim de que eu possa amá-Lo acima de todas as coisas, e todas as coisas em relação a Ele.


6º DIA: Humildade

Não são grandes prédios e magníficas instalações que Me dão satisfação, mas um coração puro e humilde (D. 532). As torrentes da Minha graça inundam as almas humildes. Os orgulhosos sempre estão na pobreza e miséria, porquanto a Minha graça se afasta deles para as almas humildes (D. 1602).

Oh! como é bela a alma humilde (...). Deus nada nega a uma alma assim. Uma alma assim é onipotente, ela influi no destino do mundo inteiro. Deus exalta uma alma assim até o Seu Trono e, quanto mais ela se rebaixa, tanto mais Deus se inclina para ela, persegue-a com Suas graças e acompanha-a em todos os momentos com Seu poder. Uma alma assim está unida com Deus da maneira mais profunda (D. 1306).

Santa Faustina, obtende para mim a graça da verdadeira humildade, para que eu possa aceitar a verdade sobre Deus, sobre o mundo e sobre mim mesmo. Que isto possa me tornar mais confiante, como uma criança em relação ao seu Pai celeste, e me fazer  reconhecer minha dependência d’Ele como Criador, Salvador e Santificador.


7º DIA: Contrição

Sou três vezes Santo e abomino o menor pecado. Não posso amar uma alma manchada pelo pecado, mas, quando se arrepende, não há limites para a Minha generosidade com ela. A Minha misericórdia a envolve e justifica. Com a Minha misericórdia persigo os  pecadores em todos os seus caminhos, e o Meu Coração se alegra quando eles voltam a Mim (D. 1728).

O que mais me faz sofrer é quando me encontro com a falsidade. Agora Vos compreendo, Salvador meu, por terdes repreendido tão severamente os fariseus pela hipocrisia. Procedestes mais bondosamente com pecadores empedernidos, quando recorriam a Vós com contrição (D. 1579).

Santa Faustinha, obtende para mim a graça da sincera contrição de todos os pecados, e mesmo da menor infidelidade, uma vez que isto foi a causa da terrível paixão de Jesus. Possa a contrição do meu coração alcançar-me o perdão da minha culpa e fortalecer a minha confiança na misericórdia de Deus.


8º DIA: Vontade de Deus

Minha filha, tu Me dás a maior glória pela paciente submissão à Minha vontade, e para ti acumulas tão grandes méritos que não o conseguirias nem com jejuns, nem com nenhuma espécie de mortificações. Deves saber, Minha filha, que, se submetes a tua vontade à Minha, atraís sobre ti a Minha especial predileção. Este sacrifício Me é agradável e cheio de doçura. Nele Me deleito, ele tem poder (D. 904).

O Senhor me deu a luz de um conhecimento mais profundo da Sua vontade e, ao mesmo tempo, de uma total submissão a essa santa vontade de Deus. Essa luz me confirmou numa profunda paz, dando-me a compreensão de que nada devo temer, a não ser o pecado. Aceito, com total submissão à Sua santa vontade, em tudo que Deus me enviar. Onde quer que me coloque, procurarei cumprir fielmente a Sua santa vontade e todas as Suas complacências, na medida em que estiver ao meu alcance. Ainda que essa vontade de Deus seja para mim tão árdua e penosa (D. 1394). Submetendo-me inteiramente à Sua santa vontade, que é a própria Misericórdia (D. 1552).

Santa Faustina, obtende para mim a graça de cumprir a vontade de Deus fielmente, sempre e em toda parte, de modo que eu possa expressar minha confiança no Senhor Deus.


9º DIA: O Vaso da confiança

As graças da Minha misericórdia colhem-se com o único vaso, que é a confiança. Quanto mais a alma confiar, tanto mais receberá. Grande consolo Me dão as almas de ilimitada confiança, porque em almas assim derramo todos os tesouros das Minhas graças (D. 1578).

Ó Senhor, meu amor, agradeço-Vos pelo dia de hoje, por me terdes permitido haurir tesouros de graças da fonte da Vossa insondável misericórdia. Ó Jesus, não apenas no dia de hoje, mas, a cada instante, colho da Vossa insondável misericórdia tudo que a alma e o corpo possam desejar (D. 1178).

Santa Faustina, ajudai-me a obter um largo vaso de confiança, a fim de que eu possa atrair com ele graças não apenas para mim mesmo, mas também para a Igreja, minha pátria, o mundo inteiro, e especialmente para as almas que duvidam da misericórdia de Deus.



alt



 
Garlix Processsamento de Dados


Congregação dos Padres Marianos
Copyright © 2013