Papa: preparar o Natal abandonando os ídolos do mundo

Durante o Angelus, deste domingo 04 de dezembro, o Santo Padre refletiu o Evangelho do II Domingo do Advento e sobre o convite de São João Batista: “Convertei-vos, porque o reino dos céus está próximo!”.

É com “estas mesmas palavras que Jesus dará início à sua missão na Galileia” – disse Francisco – e esse será o anúncio que os discípulos deverão levar na sua primeira experiência missionária. O evangelista Mateus quer, assim, apresentar João como aquele que prepara o caminho a Cristo que vem, e os discípulos como continuadores da pregação de Jesus. Trata-se do mesmo alegre anúncio: o reino de Deus está no meio de vós! – declarou.

O Santo Padre afirmou ainda que o reino dos céus não é apenas algo que diz respeito à vida eterna, que devemos apenas esperar no futuro, mas é algo que se aproximou e, de certo modo, “está já presente”. Esta é a “bela notícia que Jesus nos trás”.

Contudo, para fazermos parte deste reino existe uma condição a ser cumprida: mudar a nossa vida, ou seja, “convertermo-nos” – disse Francisco:

“ A condição para entrar a fazer parte deste reino é cumprir uma mudança na nossa vida, isto é convertermo-nos. Trata-se de deixar as estradas cômodas mas enganadoras dos ídolos deste mundo: o sucesso a todo o custo, o poder em detrimento dos mais débeis, a sede de riquezas, o prazer a qualquer preço. E de abrir, ao invés, o caminho ao Senhor que vem: Ele não tira a nossa liberdade, mas dá-nos a verdadeira felicidade. Com o nascimento de Jesus em Belém, é o próprio Deus que habita no meio de nós para nos libertar do egoísmo, do pecado e da corrupção.”

O Natal é, segundo o Papa, um dia de grande alegria também exterior, mas é, sobretudo, um acontecimento religioso para o qual é necessária uma preparação espiritual. Neste tempo de Advento, deixemo-nos guiar pela exortação de João Batista: “Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas” – disse o Papa que convidou os fiéis a examinarem a sua consciência e a celebrarem o “Sacramento da Penitência”.

advento-misericordia

O Santo Padre afirmou que “a salvação de Deus é obra de um amor maior que o nosso pecado; apenas o amor de Deus pode apagar o pecado e libertar do mal”.

O Santo Padre fez ainda uma referência à Solenidade da Imaculada Conceição da próxima quinta-feira, dia 8: “Vemo-nos na quinta-feira para a Festa de Maria Imaculada. Nestes dias rezemos unidos pedindo a sua materna intercessão para a conversão dos corações e o dom da paz.”

Fonte: News.va

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *