Profissionais de Educação Física promovem ginástica e movimentam o Santuário

A iniciativa da ginástica no Santuário veio com o interesse das profissionais de Educação Física Ana Laura Felipe Braga e Evellin Braz de Souza, em ofertar à população a prática de atividades físicas, visando melhorar a condição física e saúde de todos os participantes da comunidade, principalmente da população que está chegando à terceira idade.

Os encontros iniciaram no dia 25 de julho de 2018 com 18 participantes e foi aumentando gradativamente, hoje 60 alunos fazem parte das atividades físicas desenvolvidas no Santuário da Divina Misericórdia.

As atividades propostas pelas profissionais de Educação Física visão aprimorar e desenvolver a capacidade funcional de cada participante, contribuir para a realização das atividades diárias, afazeres domésticos, além do controle das doenças crônicas não transmissíveis, da melhora no aspecto social, e no bem estar do indivíduo.

As professoras contam que o projeto é muito gratificante. Ver a aceitação e o crescimento no número de participantes num espaço de tempo tão curto mostra o quanto as pessoas estavam precisando desse acompanhamento. Elas afirmam que se sentem muito felizes em ver a adesão dos participantes, o empenho de cada um superando as suas dificuldades e o resultado que eles vêm apresentando na disposição para realizar suas tarefas do dia a dia.

“O sentimento que temos ao oferecer as atividades para a comunidade que resume é gratidão. É gratificante ver a evolução dos participantes durante as atividades propostas, ouvir o quanto eles estão se sentindo bem em fazer parte do grupo. E/ou que estão conseguindo executar diversas atividades que antes eram mais difíceis de serem realizadas”, conta Evellin.

O senhor Martin Prussack – muito conhecido no Santuário por sua dedicação não só na contribuição para construção da igreja, mas por sua entrega nas atividades ao longo desses 24 anos de história – também faz parte do grupo que se reúne todas as Quartas e Sextas-feiras. “Eu fazia num outro lugar antes, mas quando soube que teria aqui no Santuário me animei e vim pra cá. Essa é a terceira vez que estou vindo, venho com a minha esposa”, conta. Martin afirma também que se sente melhor para realizar os trabalhos em casa. “Quando você faz exercício sente mais ânimo!”, incentiva.

As atividades desenvolvidas fazem parte do programa de residência do Hospital Cajuru em parceria com a Secretaria de Saúde. Evellin explica como o projeto foi implantado no Santuário: “No mês de março nós iniciamos o nosso trabalho na Unidade Básica de Saúde – Palmeiras. Após a nossa chegada à unidade notamos que existia a necessidade e demanda para que se criasse um grupo de exercício físico para a comunidade. Nós realizamos uma busca em diversos locais para ver a disponibilidade, contudo não tivemos êxito, até entrarmos em contato com o pároco Padre Anchieta, que nos acolheu e se mostrou muito solícito a nossa proposta” relata.

A prática de atividade física na terceira idade é bastante aceita como estratégia para melhorar a qualidade de vida e bem estar da população. A sua relevância é garantida e os benefícios apresentados são de curto, médio e longo prazo.

O último estudo realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no ano de 2017 apresentou que a população brasileira com 60 anos ou mais é de 30,2 milhões, e essa marca vai se tornar cada vez mais representativa no Brasil.

 

Vale lembrar que as atividades são destinadas a toda população, sem restrição de idade.

 

Professoras: Ana Laura Felipe Braga e Evellin Braz de Souza

Quartas e Sextas-feiras – das 9h às 10h
Informações: 3148-3200

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *