Terço da Misericórdia: Há 82 anos Jesus ensinou à Santa Faustina

Hoje se comemora 82 anos que Jesus ensinou o Terço da Misericórdia à Santa Faustina, uma jovem freira polonesa.

O fato aconteceu nos dias 13 e 14 de setembro de 1935. Jesus apresentou o Terço da Misericórdia como uma oração de intercessão e reparação pelos pecados cometidos por toda a humanidade.

 

A oração do Terço encontra-se no Diário de Santa Faustina (cf. Diário, 475-476).

“As palavras com que suplicava a Deus eram as seguintes: Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, a Alma e a Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro; pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós”.

No dia seguinte pela manhã, quando entrei na nossa capela, ouvi interiormente estas palavras: Toda vez que entrares na capela, reza logo essa oração que te ensinei ontem. Quando rezei essa oração, ouvi na alma estas palavras: Essa oração serve para aplacar a Minha ira. Tu a recitarás por nove dias, por meio do Terço do Rosário, da seguinte maneira: Primeiro dirás o Pai-Nosso, a Ave-Maria e o Credo. Depois, nas contas do Pai-Nosso, dirás as seguintes palavras: “Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, a Alma e a Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro”. Nas contas de Ave-Maria rezarás as seguintes palavras: “Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro”. No fim, rezarás três vezes estas palavras: “Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro”.

Àqueles que rezarem o Terço da Misericórdia, Jesus promete:

  1. Acompanhar aquele que reza este Terço com Sua benevolência durante toda a sua vida: “As almas que rezarem este Terço serão envolvidas pela Minha misericórdia, durante a sua vida. (D. 754); grandes graças concederei às almas que recitarem este Terço. As entranhas da Minha misericórdia comovem-se por aqueles que recitam este Terço (D. 848); Pela recitação deste Terço agrada-Me dar tudo o que Me peçam (D. 1541) – se estiver conforme à sua vontade (D. 1731);
  2. Particular assistência na hora da morte: Todo aquele que o recitar alcançará grande misericórdia na hora da sua morte (D. 687; cf. 754; 1541);
  3. Jesus promete olhar para toda a humanidade com compaixão: Minha filha, agrada-Me a linguagem do teu coração; pela recitação desse Terço aproximas a Humanidade de Mim (D. 929).

 

Dez versões cantadas do Terço da Divina Misericórdia – CD

Incentive as crianças a rezarem com este lindo o Terço infantil com saquinho de Jesus Misericordioso.

Conheça mais sobre a Misericórdia Divina com o Diário de Santa Faustina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *