Voluntários do 16º Congresso Nacional da Divina Misericórdia

O Santuário da Divina Misericórdia se preparou ao longo do ano com muita dedicação para receber os mais de 600 peregrinos do 16º Congresso Nacional da Divina Misericórdia, que veio com o tema Maria: a Mulher que acreditou que para Deus tudo é possível, e por isso é Bem-aventurada.

Diversas equipes de movimentos e pastorais se motivaram para o evento. Aproximadamente 160 voluntários comprometeram- se com esta obra e doaram o seu trabalho para Jesus, durante os 3 dias de congresso.

 

Ricardo Moura – voluntário pela primeira vez no congresso, começou a frequentar o Santuário da Divina Misericórdia, por meio do convite da sua esposa Suelen Mayra de Paula Volesky. Ela era Católica e ele Budista. No começo ele não gostava e frequentava por obrigação. Porém depois de aproximadamente um ano ele sentiu- se tão acolhido por na Casa da Misericórdia que não teve dúvidas é um devoto de Jesus Misericordioso.

Gustavo Petrechen é devoto de Jesus Misericordioso aproximadamente 17 anos. Sempre frequenta com sua Família, Janice Petrechen Ferreira e Albino Petrechen Ferreira, que também são devotos e servos do senhor na Pastoral do Dízimo. Ele sempre trabalha como voluntário nos eventos do Santuário, mas no Congresso é sua primeira vez e está achando tudo muito bem organizado e satisfatório. “É gratificante a servir a Deus em todos os momentos da sua vida”, afirma.

Foi em uma dificuldade da vida, o desemprego, que Bruna Rafaela Monteiro viu que ao invés de se lamentar, poderia colaborar servindo a Deus para se sentir útil com sua própria vida.
Bruna conta que a Misericórdia fez com ela tenha mais amor ao próximo. Aprendeu a ser mais flexível e paciente. Como mensagem ela pede para que as pessoas não percam a oportunidade de estarem no Santuário, destaca que a emoção e devoção é tão grande que o lugar torna-se extremamente acolhedor.
Bruna Rafaela Monteiro atua na Pastoral da Comunicação há 5 meses.

Teresinha Neto da Silva é devota há mais de 20 anos. Está como voluntária aproximadamente há 2 anos na Pastoral Familiar. No Congresso ela participa pela primeira vez. Teresinha ressalta que sempre procurou agradecer a Deus pela sua família, família está que também está atuando nesta mesma Pastoral. “Frequentar o Santuário é buscar construir uma família com os princípios que Deus colocou para nós, Ele é nosso alimento”, afirma.

Susana Brunetti tem uma vida bem ativa no Santuário, é devota a mais de 11 anos e há 8. Participa dos movimentos: Ministros Extraordinários da Sagrada Eucaristia, Liturgia e é Madrinha Vocacional. Ela afirma que não há explicação para dizer o que sente ao Servir nosso Jesus Misericordioso, somente sabe que é um amor intenso. Para ela, é um privilégio servir a Deus. “Jesus transforma a vida de quem o segue em todos os sentidos: espiritual e fisicamente. O Santuário é um lugar mais que abençoado, se uma pessoa opta por viver com ele no coração, nuca mais será o mesmo, nunca mais deixará Jesus”.

Tiago Felipe Cardoso conta que a pessoa que mais o incentivava a estar frequentando o Santuário era sua mãe, Maria Emília. Atualmente participa há aproximadamente 1 ano na Pastoral da Comunicação e pela segunda vez é voluntário no Congresso. Ele destacou que nunca pensou em ajudar e/ou ser voluntário no Santuário e que começou a se envolver mais com a ajuda da sua esposa Fernanda que já estava envolvida no voluntariado.
Tiago reforça que no Santuário sente mais a presença, a proximidade de Jesus Misericordioso em sua vida, e que essa entrega a Deus é essencial pra a cura de toda doença que possa existir no corpo e alma.

 

Colaboração: Fernanda Francisquinho – PASCOM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *