“Os homens vão desmaiar de medo, só em pensar no que vai acontecer ao mundo, porque as forças do céu serão abaladas. Então eles verão o Filho do Homem vindo numa nuvem com grande poder e glória. Quando estas coisas começarem a acontecer, levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima”. (Lucas 21,26-28)

Evangelho (Lc 21,20-28)

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: “Quando virdes Jerusalém cercada de exércitos, ficai sabendo que a sua destruição está próxima. 

Então, os que estiverem na Judeia, devem fugir para as montanhas; os que estiverem no meio da cidade, devem afastar-se; os que estiverem no campo, não entrem na cidade. Pois esses dias são de vingança, para que se cumpra tudo o que dizem as Escrituras.

Infelizes das mulheres grávidas e daquelas que estiverem amamentando naqueles dias, pois haverá uma grande calamidade na terra e ira contra este povo. Serão mortos pela espada e levados presos para todas as nações, e Jerusalém será pisada pelos infiéis, até que o tempo dos pagãos se complete. 

Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra, as nações ficarão angustiadas, com pavor do barulho do mar e das ondas. Os homens vão desmaiar de medo, só em pensar no que vai acontecer ao mundo, porque as forças do céu serão abaladas. 

Então eles verão o Filho do Homem, vindo numa nuvem com grande poder e glória. Quando estas coisas começarem a acontecer, levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Homilia Diária 24/11/2022 – Canção Nova

Você tem acompanhado a Liturgia nesses dias, onde se fala da perseguição, fala-se que as pessoas que estão em Deus serão levadas aos tribunais por causa do nome de Cristo, que ali será uma oportunidade de testemunhá-Lo. E aqui, Nosso Senhor nos fala, mais uma vez, que homens vão desmaiar de tanto medo, que as forças do céu serão abaladas e aí virá o Filho do Homem sobre as nuvens com poder e glória.

Meus irmãos, esse tempo se aproxima, o Senhor está vindo, Ele está voltando, e a Sua vinda não deve nos dar medo, não deve nos fazer acuar, mas avançar. Escutamos o Senhor dizendo: “Quando tudo isso acontecer, levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima”.

Essa é a nossa vocação: estar de pé, com a cabeça levantada, com a alegria de saber que Deus não nos abandonou

Diante dos tempos difíceis, não tenha medo, levante-se! E, aqui, “levantar-se” e “colocar-se de pé” nos remete ao Cristo de pé, ressuscitado, vivo. É essa a nossa vocação: estar de pé e com a cabeça levantada, com esperança, com a alegria de saber que Deus não nos abandonou, que Jesus está conosco e estará sempre conosco.

Levantemo-nos e ergamos a nossa cabeça, pois é tempo de ainda mais testemunhá-Lo, é tempo de ainda mais estender as mãos ao nosso irmão, ao nosso próximo. Levantemos a nossa cabeça, não fiquemos cabisbaixos; levantemos a nossa cabeça, olhemos para o irmão, olhemos para o Alto.

Não é o tempo de nos entregarmos à tristeza por causa dos tempos difíceis, por causa das doenças e perseguições, é tempo de levantarmos a cabeça, porque a nossa salvação vem do Alto. Levantemos a nossa cabeça, o Senhor se aproxima, a nossa libertação se aproxima. Levantemos a cabeça e vivamos o Seu Evangelho, vivamos a Palavra de Deus.

A bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!