Confie na Misericórdia e não deixe que os problemas o atormentem

Às vezes, para resolver um problema, analisamos excessivamente determinada situação, pensando que podemos descobrir as coisas por conta própria. Mas nunca podemos realmente.

Santa Faustina sabia que devemos abster-nos de analisar demais os problemas e, em vez disso, devemos confiar em Deus.

Ela disse:

“Quando vejo que o peso ultrapassa as minhas forças, não penso sobre isso, não analiso nem me aprofundo, mas recorro como uma criança ao Coração de Jesus e digo-Lhe uma palavra apenas: “A Vós tudo é possível.” — E fico depois calada, porque sei que o próprio Jesus se encarregará desse assunto, e eu, em vez de me atormentar, utilizo esse tempo para amá-Lo.” (Diário, 1033)

Da próxima vez que suas preocupações o deixarem acordado à noite, faça o possível para não analisar demais os problemas. Todos nós temos pensamentos nervosos. Mas só porque um pensamento está em sua mente, não significa que seja verdade absoluta, é uma interpretação! É normal ter pensamentos nervosos às vezes. Apenas não deixe que pensamentos desnecessários e preocupados controlem sua vida!

Lembre-se: a voz de Deus é alegre e pacífica. Ele não quer que você fique cheio de ansiedade e desespero. Então, quando você perceber que caminha esses sentimentos, vá a Jesus e diga: “A Vós tudo é possível”, como fez Santa Faustina a Deus, e entregue seus problemas a Ele em oração, isso o deixará mais tranquilo.

Nessas situações, também é uma boa ideia considerar que talvez você precise dar um passeio, tirar uma soneca, comer algo ou conversar com um amigo de confiança. Somos seres espirituais e corporais. Santo Tomás de Aquino disse: “A graça não destrói a natureza, mas a aperfeiçoa”. Em outras palavras, precisamos cuidar de nós mesmos e praticar hábitos saudáveis ​​se quisermos ter uma vida espiritual saudável.

Uma coisa é certa: ansiedade e preocupação excessiva não vêm de Deus. Portanto, quando a ansiedade bater, lembre-se de que o Senhor não quer que você se sinta assim. Ele quer que você sinta a Sua paz, não importa o que esteja acontecendo em sua vida.

Oração de Santa Faustina

“Jesus, amigo do coração solitário, Vós sois o meu refúgio, Vós, a minha paz, o meu único socorro, Vós a serenidade nos momentos de lutas e no mar de dúvidas. Sois o raio brilhante que ilumina a estrada da minha vida. Vós sois tudo para a minha alma solitária.” (Diário, 247)

 

 

 

Fonte: The Divine Mercy