A infinita misericórdia do Sagrado Coração de Jesus | Parte 4

Hoje, sexta-feira, dia em que lembramos o amor de Jesus pela humanidade, olhamos para a imagem do Sagrado Coração e meditamos sobre a infinita Misericórdia de Deus por cada um de nós.

Numa série de quatro partes, você é convidado a refletir às sextas-feiras sobre como desenvolver um amor maior pelo misericordioso Coração de Jesus e ajudar a estender esta espiritualidade para que mais almas também possam desagravar o coração de nosso Jesus.


Na Sagrada Escritura o coração é o símbolo do amor divino. E Jesus é a encarnação desse amor. Quando olhamos para a imagem do Sagrado Coração de Jesus vemos a imagem do Seu amor pela humanidade. Para Santa Faustina Kowalska, Jesus revelou: “sou puro Amor e a própria Misericórdia” (Diário, 1074)

A devoção ao Sagrado Coração de Jesus transmite ao mundo, aflito, sua mensagem de misericórdia e confiança, expressas exatamente no coração humano e divino do Verbo Encarnado.

As suas raízes podem ser encontradas no gesto de São João, que na Última Ceia encostou a sua cabeça no peito de Jesus e na cruz, onde o soldado abriu o lado de Jesus com uma lança. Esta devoção, já presente na Idade Média, foi popularizada pelas aparições do Sagrado Coração de Jesus a Santa Margarida Maria Alacoque (1675, França).

Ao contemplar o Coração de Jesus, Santa Faustina se encanta pela Misericórdia de Deus e este é um novo e original aspecto da espiritualidade.

O Diário de Santa Faustina é repleto de místicas intimidades para com Sagrado Coração de Jesus.

“O Senhor estreitou-me ao Seu Coração e disse: “Reclina a tua cabeça no Meu peito e descansa” (D. 1053).
“Depois da santa Comunhão, senti em meu próprio coração as batidas do Coração de Jesus” (D. 1821).

“Meu Jesus, acima de tudo agradeço-Vos pelo Vosso Coração – Ele só me basta” (D.240).
Eu, o Senhor, estou contigo. Nada temas, estás em Meu Coração” (D. 1133).

Jesus deu a Irmã Faustina uma bela oração com foco no Coração de Jesus, que se tornou muito popular entre os fiéis católicos. Podemos orar às 15 horas (Hora da Grande Misericórdia) todos os dias ou a qualquer hora: “Ó Sangue e Água, que jorrou do Coração de Jesus como fonte de misericórdia para nós, eu confio em Vós” (Diário, 84). Jesus disse a Irmã Faustina que esta oração é poderosa e pode operar conversões.

Santa Faustina mostra em seu Diário uma nova possibilidade de reparar as ofensas desferidas ao Sagrado Coração de Jesus: é a propagação e a vivência da misericórdia.

“O Senhor me disse: Minha filha, não te canses de divulgar a Minha misericórdia; consolarás com isso o Meu Coração que arde com a chama de compaixão para com os pecadores” (D. 1521).

Santa Faustina mencionou o Coração de Jesus em seu Diário mais de 200 vezes! Em nossa reflexão, também exploraremos como a jovem mística abrigou-se perto de Seu Coração e confiou de toda a sua alma na vontade de Deus para ela.


PARTE 4

Irmã Faustina e o Sagrado Coração de Jesus

A Irmã Faustina sabia exatamente para onde se retirar em tempos de necessidade – bem perto do Sagrado Coração de seu Senhor. Anteriormente, discutimos quando Ir. Faustina experimentou um “grande sofrimento e humilhação” e “aninhou-se bem perto do Santíssimo Coração de Jesus”, como ela escreveu, deixando Jesus saber que ela estava pronta para aquilo para o qual ela se ofereceu (cf. Diário, 138). Em outra parte do Diário, Ir. Faustina registrou sua experiência na Festa do Sagrado Coração. Ela escreveu: “Hoje é a festa do Santíssimo Coração de Jesus. Durante a Santa Missa, foi-me dado o conhecimento do Coração de Jesus e da natureza do fogo do amor com que Ele arde por nós e de como Ele é um Oceano de Misericórdia.

Então eu ouvi a voz de [Jesus]: ​​”Apóstola da Minha misericórdia, proclama ao mundo toda essa Minha insondável misericórdia. Não desanimes com as dificuldades que encontrares na divulgação da Minha misericórdia. Essas dificuldades, que tão dolorosamente te atingem, são necessárias para a tua santificação e para comprovar que essa obra é Minha. Minha filha, sê diligente em anotar cada sentença que te digo sobre a Minha misericórdia, porque isso se destina a um grande número de almas que delas tirarão proveito.’” (Diário, 1142).

Outra vez, Ir. Faustina recordou os pedidos de Jesus e como ela mais uma vez se aninhou perto de Seu Santíssimo Coração. Ela escreveu:

10 de outubro [1937]. Ó meu Jesus, para Vos agradecer por muitas graças ofereço-Vos a alma e o corpo, a inteligência e a vontade e todos os sentimentos do meu coração. Pelos votos, entreguei-me toda a Vós, nada mais tenho que Vos possa oferecer. — Jesus me disse: Minha filha, não Me ofereceste o que é verdadeiramente teu. Aprofundei-me em mim e conheci que amo a Deus com todas as faculdades da minha alma e, não podendo conhecer o que era que não tinha entregado ao Senhor, perguntei: “Jesus, dizei-me o que é, e Vos entregarei imediatamente com generosidade de coração”. — Jesus disse-me bondosamente: Filha, entrega-Me a tua miséria, porque ela é tua propriedade exclusiva. Nesse momento, um raio de luz iluminou a minha alma e conheci todo o abismo da minha miséria. Nesse mesmo instante, reclinei-me no Sacratíssimo Coração de Jesus com tanta confiança que, ainda que tivesse sobre a minha consciência os pecados de todos os condenados, não duvidaria da misericórdia divina — mas, com o coração reduzido a pó, eu me lançaria no abismo da Vossa misericórdia. Creio, ó Jesus, que não me afastaríeis de Vós, mas me daríeis a absolvição pela mão do Vosso representante. (Diário, 1318).

 

Algo para refletir

Lembre-se de como Santa Faustina se aninhava junto ao Santíssimo Coração de Jesus com tanta confiança. Ela não duvidou de Sua misericórdia. Ela escreveu: “Eu não teria duvidado da misericórdia de Deus, mas, com o coração reduzido a pó, eu teria me jogado no abismo da Sua misericórdia.” Em suas orações, você pode reservar um tempo hoje e durante a próxima semana para buscar Jesus em Seu Sagrado Coração, seja na oração onde você está ou na Adoração do Santíssimo Sacramento, e para confiar nele totalmente com sua vida? Nunca devemos nos cansar de nos aproximar do Sagrado Coração de Jesus.

* Através das nossas orações podemos consolar e ajudar a estender o reino do misericordioso Coração de Jesus. Também podemos ajudar outras almas a desenvolverem um amor maior pelo Sagrado Coração de Jesus. Rezemos!

 

Oração de misericórdia

Querido Jesus Misericordioso, eu te amo. Por favor, permita-me chegar mais perto de Seu Sagrado Coração, onde posso descansar um pouco.
Santa Maria mostra-me o caminho e, por favor, me proteja.
Santa Faustina, rogai por mim.
Jesus, eu confio em vós!
Amém.

Oração ao Sagrado Coração

Ó Sagrado Coração de Jesus, derrama as tuas bênçãos abundantemente sobre a tua Igreja, sobre o Sumo Pontífice e sobre todo o clero; dê perseverança aos justos, converta os pecadores, ilumine os descrentes, abençoe nossos pais, amigos e benfeitores, ajude os agonizantes, liberte as almas do purgatório e estenda a todos os corações o doce Reino do teu amor. Amém.

 

 

Fonte: Donna-Marie Cooper O’Boyle