A infinita misericórdia do Sagrado Coração de Jesus | Parte 2

Hoje, sexta-feira, dia em que lembramos o amor de Jesus pela humanidade, olhamos para a imagem do Sagrado Coração e meditamos sobre a infinita Misericórdia de Deus por cada um de nós.

Numa série de quatro partes, você é convidado a refletir às sextas-feiras sobre como desenvolver um amor maior pelo misericordioso Coração de Jesus e ajudar a estender esta espiritualidade para que mais almas também possam desagravar o coração de nosso Jesus.


Na Sagrada Escritura o coração é o símbolo do amor divino. E Jesus é a encarnação desse amor. Quando olhamos para a imagem do Sagrado Coração de Jesus vemos a imagem do Seu amor pela humanidade. Para Santa Faustina Kowalska, Jesus revelou: “sou puro Amor e a própria Misericórdia” (Diário, 1074)

A devoção ao Sagrado Coração de Jesus transmite ao mundo, aflito, sua mensagem de misericórdia e confiança, expressas exatamente no coração humano e divino do Verbo Encarnado.

As suas raízes podem ser encontradas no gesto de São João, que na Última Ceia encostou a sua cabeça no peito de Jesus e na cruz, onde o soldado abriu o lado de Jesus com uma lança. Esta devoção, já presente na Idade Média, foi popularizada pelas aparições do Sagrado Coração de Jesus a Santa Margarida Maria Alacoque (1675, França).

Ao contemplar o Coração de Jesus, Santa Faustina se encanta pela Misericórdia de Deus e este é um novo e original aspecto da espiritualidade.

O Diário de Santa Faustina é repleto de místicas intimidades para com Sagrado Coração de Jesus.

“O Senhor estreitou-me ao Seu Coração e disse: “Reclina a tua cabeça no Meu peito e descansa” (D. 1053).
“Depois da santa Comunhão, senti em meu próprio coração as batidas do Coração de Jesus” (D. 1821).

“Meu Jesus, acima de tudo agradeço-Vos pelo Vosso Coração – Ele só me basta” (D.240).
Eu, o Senhor, estou contigo. Nada temas, estás em Meu Coração” (D. 1133).

Jesus deu a Irmã Faustina uma bela oração com foco no Coração de Jesus, que se tornou muito popular entre os fiéis católicos. Podemos orar às 15 horas (Hora da Grande Misericórdia) todos os dias ou a qualquer hora: “Ó Sangue e Água, que jorrou do Coração de Jesus como fonte de misericórdia para nós, eu confio em Vós” (Diário, 84). Jesus disse a Irmã Faustina que esta oração é poderosa e pode operar conversões.

Santa Faustina mostra em seu Diário uma nova possibilidade de reparar as ofensas desferidas ao Sagrado Coração de Jesus: é a propagação e a vivência da misericórdia.

“O Senhor me disse: Minha filha, não te canses de divulgar a Minha misericórdia; consolarás com isso o Meu Coração que arde com a chama de compaixão para com os pecadores” (D. 1521).

Santa Faustina mencionou o Coração de Jesus em seu Diário mais de 200 vezes! Em nossa reflexão, também exploraremos como a jovem mística abrigou-se perto de Seu Coração e confiou de toda a sua alma na vontade de Deus para ela.


PARTE 2

Deus derramou Seu amor por nós

Nunca devemos duvidar do amor de Deus, pois ele é incomensurável. Por meio da Encarnação, Paixão e Morte de Seu único Filho, Jesus, Deus derramou Seu amor por nós e continua a fazê-lo por meio do Espírito Santo na Igreja. Nosso Senhor continua a buscar o bem final da humanidade – nossa liberdade da escravidão do pecado. Ele nos ama mais do que podemos imaginar, não importa como o tenhamos tratado, mesmo que tenha sido com indiferença, ingratidão, pecado e desprezo.

Quando damos as costas a Deus, Ele nos busca e oferece Sua misericórdia e amor. Ele não quer que soframos a condenação eterna. Deus nos dá o livre arbítrio, permitindo-nos escolher onde iremos. Jesus disse a Ir. Faustina: “Não quero castigar a sofrida humanidade, mas desejo curá-la, estreitando-a ao Meu misericordioso Coração. Utilizo o castigo apenas quando eles mesmos Me obrigam a isso, e é com relutância que a Minha mão empunha a espada da justiça. Antes do dia da justiça, estou enviando o dia da misericórdia.” (Diário, 1588).

Nosso querido Senhor é compassivo. Ele é o próprio amor e misericórdia. Ele disse a Santa Faustina: “Não posso castigar, mesmo o maior dos pecadores, se ele recorre à Minha compaixão, mas justifico-o na Minha insondável e inescrutável misericórdia.” (Diário, 1146). Jesus deseja que o busquemos por meio de Seu Coração Misericordioso. Ele falou para Sua pequena noiva: “Com a Minha misericórdia persigo os pecadores em todos os seus caminhos, e o Meu Coração se alegra quando eles voltam a Mim. Esqueço as amarguras com que alimentaram o Meu Coração e alegro-Me com a volta deles.” (Diário, 1728).

* Através das nossas orações podemos consolar e ajudar a estender o reino do misericordioso Coração de Jesus. Também podemos ajudar outras almas a desenvolverem um amor maior pelo Sagrado Coração de Jesus. Rezemos!

 

Oração de misericórdia

Querido Jesus Misericordioso, eu te amo. Por favor, permita-me chegar mais perto de Seu Sagrado Coração, onde posso descansar um pouco.
Santa Maria mostra-me o caminho e, por favor, me proteja.
Santa Faustina, rogai por mim.
Jesus, eu confio em vós!
Amém.

Oração ao Sagrado Coração

Ó Sagrado Coração de Jesus, derrama as tuas bênçãos abundantemente sobre a tua Igreja, sobre o Sumo Pontífice e sobre todo o clero; dê perseverança aos justos, converta os pecadores, ilumine os descrentes, abençoe nossos pais, amigos e benfeitores, ajude os agonizantes, liberte as almas do purgatório e estenda a todos os corações o doce Reino do teu amor. Amém.

 

 

Continua na próxima sexta-feira…

 

Fonte: Donna-Marie Cooper O’Boyle