A Providência e a Misericórdia de Deus

[O arcebispo Jalbrzykowski de Vilnius] Mostrou- -se muito favoravelmente inclinado para com esta causa: “A irmã fique inteiramente tranquila. Se isso estiver nos desígnios da providência de Deus, será realizado. Nosso Senhor encaminhará de tal forma as circunstâncias que tudo ficará bem”, (Diário de Santa Faustina, 693).

A palavra “Providência” vem de uma palavra latina que significa “olhar para frente” ou “agir com perspicácia“. Quando vivemos sob a cobertura da Providência de Deus, não precisamos nos preocupar com nada. De fato, mesmo que as circunstâncias ao nosso redor pareçam terríveis, podemos confiar que os planos de Deus são bons.

 

Sabedoria antiga

Uma antiga parábola chinesa ilustra bem este ponto:

Certa vez, um fazendeiro tinha um cavalo que fugiu. Seu vizinho disse: “Más notícias!” O fazendeiro respondeu: “Boas notícias, más notícias, quem sabe?”.

Mais tarde, o cavalo voltou para a fazenda acompanhado por muitos cavalos selvagens. “Boas notícias!”, o vizinho disse. O fazendeiro respondeu novamente: “Boas notícias, más notícias, quem sabe?”.

Logo depois disso, o filho do fazendeiro caiu de um dos cavalos selvagens e quebrou a perna. “Más notícias!”, o vizinho disse. O fazendeiro respondeu mais uma vez: “Boas notícias, más notícias, quem sabe?”.

Então o exército anunciou que eles estavam preparando todos os jovens fisicamente aptos para entrar em combate. O filho do fazendeiro foi preterido por causa de sua perna quebrada. “Boas notícias!”, o vizinho disse.

Sob a Providência de Deus, podemos chamar com confiança tudo o que nos acontece “boas novas”. Embora possamos nos esforçar para acreditar nisso no momento, e embora confiar na Providência de Deus não afaste a dor da perda, podemos apostar que, para aqueles que amam a Deus e se esforçam para fazer Sua vontade, a bondade sempre prevalece. Em outras palavras, enquanto estivermos tentando ao máximo cooperar com a graça divina, Deus pode usar as coisas ruins que nos acontecem para nosso próprio bem.

As provações de Santa Faustina

Durante sua vida, Santa Faustina se perguntou como a mensagem da Divina Misericórdia alcançaria o mundo.

Como sabemos, ela não desistiu em face de suas provações. Em vez disso, ela continuou tentando o seu melhor para cooperar com a graça de Deus.

No final, seu imenso sofrimento levou a um dos textos espirituais mais inspiradores do século XX, seu Diário.

Além disso, pela graça de Deus, tudo que parecia impedir a promulgação da mensagem da Divina Misericórdia acabou tendo o efeito oposto. Hoje, a Divina Misericórdia se tornou uma das devoções mais amadas em toda a Igreja Católica.

Deus sabe o que está fazendo. Ele não precisa que nós entendamos por que coisas ruins acontecem. Ele apenas nos pede para confiar que tudo é uma parte do Seu plano providencial, que Ele está lentamente, porém, continuamente nos revelando.

Jesus nos diz: a preocupação é inútil. Só eu posso ver o futuro e estou direcionando todas as coisas para o seu bem. Assim, a despeito de como as coisas possam parecer, confie, enquanto observa Minha misericórdia derramando-se continuamente sobre você.

Minha oração: Jesus, é tão fácil esquecer que o Senhor tem tudo sob controle. Eu fico com medo quando as coisas não correm do jeito que eu esperava. Nesses momentos, ajude-me a confiar que Seus planos são sempre melhores que os meus e que tudo que tenho a fazer é confiar.

 

Fonte: Divine Mercy.