Como ouvir a voz de Deus

Oh, se as almas quisessem ouvir, ao menos um pouco, a voz da consciência e a voz, ou melhor — a inspiração do Espírito Santo! Digo “ao menos um pouco” — porque, se nos entregarmos uma vez à influência do Espírito de Deus, Ele mesmo completará o que nos faltar. (Diário, 359).

Ao longo de seu diário, Santa Faustina registra muitos casos em que o Senhor Jesus veio e falou diretamente com ela. Mas nem tudo que ela gravou dizendo o Senhor veio a ela através de uma voz audível de fora. Às vezes, ela registrou o que ela discerniu o Senhor dizendo-lhe no silêncio de seu coração. 

Ele está falando

De fato, Santa Faustina recebeu uma graça extraordinária por ter a oportunidade de conversar com o Senhor, muitas vezes pessoalmente. Poucos na história do mundo podem dizer o mesmo. No entanto, só porque provavelmente não ouviremos a voz do Senhor da mesma forma que ela não significa que Ele não está falando conosco. De fato, Deus quer que cada um de nós converse com Ele no silêncio de nossos corações.

Você pode estar pensando: “Não eu. Por alguma razão, o Senhor parece nunca falar comigo desse jeito.”

Mas o Senhor é a Palavra feita carne. Ele está constantemente falando para nós. E não apenas através das Escrituras, não apenas através de seus representantes, não apenas em eventos e situações cotidianas, mas em uma voz real, que as Escrituras descrevem como “um som silencioso leve” (1Rs 19:12). Então não é que o Senhor não esteja falando conosco.

Saber ouvir

Você pode estar pensando: “Bem, o Senhor pode estar falando, mas eu não sei ouvir”. Todos nós, porém, fomos feitos para ter um relacionamento íntimo com Deus Pai. Ele dá a cada um de nós a capacidade de ouvir a sua voz. As escrituras dizem: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz” (Jo 10,27). Então não é que o Senhor não esteja falando conosco, e não é que não saibamos ouvir. É que muitos de nós não temos fé para acreditar que a pequena voz dentro de nós é a voz de Deus. Nós temos apenas que aprender a diferenciar a voz do Senhor da voz dos nossos próprios pensamentos.

E podemos aprender a reconhecer a voz de Deus, como aprendemos qualquer outra coisa, através da prática. Por exemplo, nem sempre conseguimos reconhecer a voz do nosso melhor amigo ou marido ou esposa. Ao passar tempo com eles, ganhamos a capacidade, não apenas de reconhecer o som de sua voz, mas de aprender a maneira como eles falam e se relacionam conosco.

O mesmo é verdade com Deus. Nós temos somente que ter tempo para estar com Ele e conhecê-lo. Podemos começar fazendo-lhe perguntas simples: Você me ama? O que em mim que você ama? O que você está tentando me dizer hoje? Qualquer voz que ouvimos em resposta cheia de paz, bondade e misericórdia, podemos apostar que é a voz de Deus. Qualquer voz que esteja condenando ou desencorajando, podemos apostar que não é Ele.

 

Jesus nos diz

Passe um tempo quieto comigo todos os dias. Faça perguntas e ouça. Acredite que estou falando com você e continue me conectando com a maior frequência possível. Você aprenderá a ouvir melhor a minha voz. Há tanto que quero te contar.

 

Minha oração

Obrigado por falar comigo, Jesus. Ajuda-me a aprender a discernir o som e a maneira da Tua voz no silêncio do meu coração. Conte-me tudo o que desejas que eu conheça e me ajude a me esforçar continuamente para me aproximar de Ti.