Obediência no Senhor nos conduz a um mar de graças

[Jesus diz] Concedi a graça àquela alma pela qual Me pediste, mas não pela mortificação que tu mesma escolheste; foi apenas pelo ato de total obediência para com o Meu representante que dei a graça a essa alma pela qual Me pediste e suplicaste misericórdia. Fica sabendo que, quando mortificas em ti a vontade própria, então a Minha vontade reina em ti. (Diário, 365)

Nesta época da Quaresma, não importa quantas penitências suportemos, por mais que nos mortifiquemos, nada disso importa a menos que obedeçamos a Cristo. Afinal, a penitência e a mortificação servem para nos ajudar a ouvir melhor a voz de Deus e segui-Lo.

Por meio de Seus representantes, no silêncio de nossos corações, através das Escrituras, através de Seus mandamentos, através de eventos diários e de muitas outras maneiras, Cristo está falando conosco.

Se dermos um tempo para ouvir a Sua voz, procurar fazer a Sua vontade, nos abrimos às graças que Ele quer nos dar.

Às vezes, em nosso egoísmo, rejeitamos a vontade do Senhor por nós. Talvez saibamos o que Ele quer que façamos, mas agimos contra a vontade Dele. Ou talvez nem nos déssemos ao trabalho de ouvir Sua voz e fazer o que queremos sem consultá-Lo. Em ambos os casos, quando rejeitamos a vontade do Senhor em favor de nossa própria vontade, estamos apenas nos ferindo.

Nenhuma quantidade de penitência, mortificação ou boas obras pode compensar a vontade do Senhor. Cristo valoriza nossa obediência a Ele mais do que os nossos sacrifícios.

Quando negamos a nossa vontade e obedecemos ao Senhor, dizemos que confiamos nEle. Dizemos a Ele que sabemos que somos pequenos – que precisamos de Sua ajuda, porque somente Ele pode redimir nosso passado, direcionar nosso futuro e nos levar ao céu. Quando obedecemos, damos a Ele todo o poder para trabalhar em nossas vidas em nosso favor.

Jesus nos diz: Obedeça meus mandamentos. Busque minha vontade acima de tudo, e darei tudo o que você precisa, quando você precisar. Mortifique-se e ofereça penitências, na medida em que o leve a me obedecer mais.

Minha oração: Jesus, ajuda-me a querer fazer a tua vontade e a obedecer as tuas direções. Lembre-me de que Seus caminhos são melhores que os meus e que nenhuma quantidade de mortificação, por mais benéfica que seja, pode conquistar seu amor por mim. Você me ama como eu já sou.


Fonte: Divine Mercy