O dom da bilocação de Santa Faustina

Você sabia que Santa Faustina tinha o dom da bilocação?
A bilocação é a capacidade de estar em dois lugares ao mesmo tempo.

Certa vez, Jesus disse a Irmã Faustina para recitar o Terço da Divina Misericórdia ao lado da cama de um homem agonizante e em desespero, para obter misericórdia para ele. Ela escreveu:

“De repente, encontrei-me numa choupana desconhecida, onde estava agonizando um homem, já idoso, em terríveis tormentos. Em volta da cama havia um grande número de demônios e a família chorando. Quando comecei a rezar, dispersaram-se os espíritos das trevas, com sibilos e ameaças contra mim. Essa alma tranquilizou-se e, cheia de confiança, descansou no Senhor. No mesmo instante, eu me vi em meu quarto. Como isso acontece — não sei.” (Diário, 1797)

Esta não foi a única vez que Santa Faustina se deslocou para junto de um agonizante. Certa vez, ela esteve [em espírito] na casa de uma doente de sua terra natal para orar por ela (cf. Diário, 1536). E outra vez, Santa Faustina teve que ficar em sua cela porque estava muito doente para ir à missa, mas o Senhor milagrosamente a transportou para lá. Ela escreveu depois: “Jesus pode arranjar tudo” (cf. Diário, 447).

Agora, você pode estar pensando: “Isso é impossível”. Mas lembre-se, Jesus disse: “Para Deus nada é impossível” (Lc 1,37). Na verdade, há evidências documentadas de muitos outros santos que também poderiam se bilocar.

Quando os missionários franciscanos do século 17 viajaram da Espanha para o Novo Mundo para evangelizar os povos indígenas (que viviam no que hoje é o Texas e o Novo México), eles descobriram algo incrível. Os indígenas explicaram que já conheciam a fé católica porque uma “senhora de azul” os tinha visitado muitas vezes. Após alguma investigação, os frades descobriram que a mulher de azul era a freira espanhola Venerável Maria de Ágreda. Ela não conseguia explicar como isso aconteceu.

Poucos santos, se é que há algum, têm mais evidências de sua capacidade de bilocação do que o místico italiano do século 20, São Padre Pio.

Certa vez, durante a Segunda Guerra Mundial, enquanto a Itália estava sob controle nazista, um bombardeiro americano foi atacar a cidade de San Giovanni Rotondo, onde ficava o mosteiro de São Padre Pio. Conforme o avião se aproximava da cidade, antes que pudesse descarregar suas armas, um frade com uma túnica marrom apareceu no ar diante da aeronave. O piloto chocado não conseguiu lançar as bombas sobre a cidade e o mosteiro de San Giovanni Rotondo foi poupado. Mais tarde, o piloto conheceu Padre Pio no mosteiro e o reconheceu como o monge que apareceu diante de seu avião.

Há evidências documentadas de que esses tipos de milagres misteriosos realmente acontecem.

Portanto, nunca duvide do poder do Senhor de intervir em sua vida.
Deus pode fazer qualquer coisa! Confie Nele.

 

Fonte: The Divine Mercy