Reflexão do Diário: Por ti, abençoo todo o país

“Vi Jesus numa nuvem brilhante e comecei a pedir que Jesus olhasse para a nossa cidade e para todo o nosso país. E Jesus olhou benignamente. Quando percebi a benevolência de Jesus, comecei a suplicar-Lhe a bênção. Então, Jesus me disse: Por ti, abençoo todo o país — e fez um grande sinal da cruz com a mão sobre a nossa pátria”. (Diário, 39)

Você está cansado de assistir a constante onda de más notícias? Você está farto de política? Você está desesperado com a direção em que nosso país está indo?

Embora Santa Faustina não assistisse ao noticiário e, embora provavelmente não fosse bem versada em política polonesa, sabia o que era sentir-se oprimida pelo estado moral de seu país. Mas na passagem acima, Jesus dá a ela e a nós muita esperança: revela que Ele pode abençoar países inteiros em nome de apenas uma alma.

Às vezes, nos sentimos tão desamparados e pequenos, acreditando que não há nada que possamos fazer sobre os problemas que nos cercam.

Mas nossa pequenez não deve amortecer nossos espíritos. De fato, não há nada que possamos fazer sozinhos para efetuar mudanças neste mundo. Podemos, no entanto, nos voltar para o Senhor. Nós podemos lutar pela santidade em nossas próprias almas.

Podemos oferecer-lhe orações e sacrifícios pelo bem do nosso país. Podemos confiar que Ele quer abençoar nossa nação através de nossos pedidos e penitências.

Como diz São Paulo,

Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? (…)
Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. (Romanos 8:35,38-39).

Deus ama cada um de nós. Ele criou o mundo, e confia em nós para pedir a Sua bênção.

Então, em vez de deixar a notícia dominá-lo, em vez de gritar na televisão sempre que seu político menos favorito faz um discurso, em vez de se preocupar com o que virá do nosso país no final, precisamos implorar pela misericórdia de Deus, e precisamos esperar e confiar que Ele abençoará nossa nação.

Jesus nos diz:

não se preocupe demais com a imoralidade do mundo. Concentre-se em mim e no meu amor, sabendo que posso superar todos os problemas, por mais difundidos e difíceis que sejam.

 

Minha oração:

Use a dor e o sofrimento que sofro neste dia por causa das almas em todo o país. Perdoa a nossa nação por todos os modos como te ofendemos. Jesus, eu imploro por suas bênçãos para derramar neste país.

 

Fonte: Divine Mercy