18º Congresso: Santa Missa e Consagração dos AEDM

18º Congresso Nacional da Divina Misericórdia

Quem confia na minha misericórdia não perecerá […], e os inimigos são destroçados aos pés do Meu escabelo” (Jesus – Diário, 723).

No segundo dia de programação do 18ª Congresso Nacional da Divina Misericórdia, às 15, foi celebrada a Santa Missa com a Consagração dos Apóstolos Eucarísticos da Divina Misericórdia – AEDM. A celebração foi presidida pelo Provincial dos Padres Marianos, Padre Jair Batista, MIC, concelebrada pelo Pe. Anchieta, MIC – Reitor do Santuário da Divina Misericórdia, e a participação dos sacerdotes peregrinos que participam do Congresso.

Em sua homilia o Provincial refletiu sobre o Evangelho de Jo 2,5-11, no qual reconhecemos o primeiro milagre de Jesus e a intervenção de Maria.

O Padre afirmou aos devotos, neste dia de Nossa Senhora Mãe da misericórdia, que antes que Maria existisse, Deus em Seu projeto de amor, já a tinha escolhido e a preservado de todo pecado. “Ela é aquela que é capaz de dizer Sim, porque antes a misericórdia de Deus já havia se realizado nela. Tudo isso é obra da Misericórdia de Deus que se realiza na vida de Maria. Nossa Senhora é a primeira que compreende em sua existência a Misericórdia Divina”.

Maria nos ensina também a misericórdia de Deus

“Nossa Senhora é Mestra de misericórdia. Quando Jesus fala de Deus toma como exemplo as realidades terrestres. Ele nos fala através de parábolas tiradas de seu povo. Provavelmente ouviu de sua mãe Maria. Jesus crescia em sabedoria, idade e graça diante de Deus. Jesus ia aprendendo das coisas que a Mãe ensinava. Seus gestos de bondade e misericórdia, que revelava o Rosto Misericordioso de Deus – tudo isso tem o ensinamento de Maria”, explicou o provincial.

Em Caná da Galileia, através da Mae da Misericórdia, Jesus realiza o seu primeiro Milagre. Hoje ainda Maria fala a Jesus: Eles não têm mais vinho da saúde, do amor, da segurança, da paz. O padre assegurou que “Maria está atenta e continuamente vai a Jesus. Não tenha medo de apresentar a Maria o que tem faltado. Recorre a teu filho Jesus, para que ele possa realizar o mesmo milagre que Ele realizou em Caná, rezou”.

O sacerdote pediu que os devotos apresentassem suas necessidades à Mãe da Misericórdia, que olha para nós com olhos de misericórdia e apresenta ao Senhor.

“Hoje, confiemos a Maria as nossas dores e nossa falta de vinho seja ele qual for. Confiemos tudo aquilo que o nosso coração necessita e tenhamos certeza de que ela intercederá por nós”.

Consagração dos AEDM

Dando continuidade à celebração o Pároco Pe. Francisco Anchieta, MIC, convidou os Apóstolos à frente para a realização da Consagração. Então cada membro disse o seu nome e juntos com o Padre Jair fizeram a oração de Consagração, citando os propósitos de um AEDM. “Vocês devem ser a mãos e os pés de Jesus trazendo de volta as ovelhas perdidas e praticar obras de misericórdia e de amor para com todos”.


Assista a Santa Missa de Sábado

18º Congresso Nacional da Divina Misericórdia

Celebração da Santa Missa

Publicado por Santuário da Divina Misericórdia em Sábado, 16 de novembro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *