25 anos de bênçãos: Santuário da Divina Misericórdia


O lugar de encontro com o Coração de Deus

O maior Santuário da Divina Misericórdia do Brasil completou no dia 24 de julho, 25 anos de vida paroquial, evangelização e divulgação da mensagem da devoção de Jesus Misericordioso.

Os primeiros anos de trabalho na “Casa da Misericórdia”, como é carinhosamente chamada pelos devotos paroquianos, não foram fáceis. O Padre Jan Glica, MIC, primeiro pároco, conta que houve momentos em que pensou em desistir, mas “Jesus me olhava e respondia: ‘Jan, eu confio em ti também’. Então eu enfrentei as dificuldades (…). Se a obra é de Deus, Ele vai ajudar, e nós trabalhamos com entusiasmo”.

De acordo com o livro tombo, onde constam os registros paroquiais, a criação da paróquia Santuário da Divina Misericórdia tem data de 1° de julho de 1994 e a Santa Missa de posse do Pároco aconteceu no dia 24 de julho do mesmo ano, com a presença de Dom Pedro Fedalto, então Arcebispo de Curitiba.

No dia 17 de agosto de 1997 o mesmo arcebispo abençoou a pedra fundamental do futuro Santuário.

A vinda de peregrinos de outros estados começou a se tornar realidade no ano 2000, com o primeiro Congresso da Divina Misericórdia, que reuniu cerca de 300 devotos. O Congresso foi pensado e colocado em prática pelo já falecido Padre André Krzymyczek, MIC, natural da Polônia, que viveu no Brasil realizando um grande trabalho de divulgação da devoção à Divina Misericórdia.

No dia 25 de abril de 2001, Dom Pedro Fedalto conferiu à Paróquia o título de Santuário Diocesano da Divina Misericórdia, e a consagração do Santuário foi realizada no dia 28 de abril de 2002.

Pelos anos seguintes, a estrutura material e evangelizadora da paróquia continuou em desenvolvimento, para ser o lugar onde a miséria humana é encontrada pelo Coração de Deus.

Não há pecador que não seja acolhido no Santuário da Misericórdia, independente das circunstâncias em que se encontre, independente dos caminhos trilhados anteriormente. Isso torna o Santuário, a “Casa da Misericórdia”, um lugar tão especial, onde o ser humano pode receber o maior presente de Deus: a Sua misericórdia.

Crescimento da estrutura material

Visando fortalecer a evangelização por meio da acolhida, para os próximos anos uma estrutura bastante ampla fará parte do Complexo da Misericórdia, pois os projetos de arquitetura e engenharia foram aprovados pelos órgãos municipais.

Nesta nova área que foi projetada teremos a Capela de Santa Faustina, que traz em seu terraço a Imagem de Jesus Misericordioso, de 9 metros de altura, e o Centro de Evangelização para acolher cerca de 10 mil peregrinos.

A estrutura do edifício do Centro Evangelização terá:

– Espaço de salão de eventos com 3 mil m²;
– 10 salas multiuso;
– Anfiteatro para 200 pessoas;
– Áreas de apoio com lanchonete, administração e sanitários;
– 7 mil m² de estacionamento coberto;
– 6 mil m² de estacionamento descoberto, sendo 1.300 m² de estacionamento para ônibus e micro-ônibus.

Além disso, a Capela de Santa Faustina (450 m²) terá:

– Duas áreas de velário;
– Banheiros;
– Estacionamento descoberto com aproximadamente 700 m²;
– Terraço  com a Imagem de Jesus Misericordioso, e acesso a visitação por meio de rampas e escadas.

Este projeto é nosso

Durante os 25 anos da Paróquia Santuário da Divina Misericórdia, você tem sido de grande importância para a propagação da Misericórdia Divina. Você faz parte desta história e esse projeto é nosso. É muito bom saber que podemos contar com você em nossas ações evangelizadoras!

Como um devoto contribuinte, você assume junto conosco a missão de evangelizar. Por isso, pedimos que você continue se dedicando a apoiar os nossos trabalhos.

 A sua ajuda é muito importante para levarmos em frente o nosso sonho e o nosso dever, um pedido de Jesus Misericordioso, deixado a nós através de Santa Faustina: “Fala ao mundo da Minha grande e insondável misericórdia”(cf. Diário, 164, 848).

Seja um Devoto da Misericórdia
Ligue agora para (41) 3148-3200

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *