Melissa Ohden, uma norte-americana que, assim como Gianna Jessen, sobreviveu a uma tentativa de aborto por infusão de solução salina, aquela que queima o corpo do bebê por dentro e por fora, até que seja expelido do útero, em 2010 fez um depoimento impactante e comovente ao canal de tevê CBN, apresentado neste vídeo.

Depois de nascer viva, Melissa teve a sorte de contar com a compaixão de uma das funcionárias da clínica, que decidiu salvá-la e entregá-la para adoção. Com três meses de cuidados intensivos ela se recuperou completamente e não ficou com nenhuma sequela, o que é realmente raro entre sobreviventes de aborto.

No texto ela revela que foi justamente depois de conhecer o testemunho de Gianna que ela resolveu contar sua história e trabalhar pela causa pró-vida. “Soube que havia alguém mais que entendia o que se sente ao sobreviver a um aborto, e isso meu deu forças para sair do anonimato”, disse. Ela só descobriu as circunstâncias de seu nascimento aos 14 anos.

Melissa é fundadora e responsável pela plataforma digital The Abortion Survivors Network, uma rede que coleta e divulga o testemunho de outros sobreviventes de aborto.

com Aleteia e Blog da Vida