Conheça as promessas de Jesus Misericordioso para quem reza o Terço da Misericórdia

Você sabia que foi o próprio Jesus quem ensinou Santa Faustina a rezar o terço da Misericórdia? E mais do que isso, em suas revelações à Santa Faustina Ele fez muitas promessas para aqueles que rezam o terço da Divina Misericórdia. Nesse post você vai conhecer essas promessas.

Mas antes vamos conhecer a história da oração do Terço da Divina Misericórdia.

Eram tempos sombrios tanto na Europa quanto no resto do mundo, aumentava o número de conflitos civis e ataques à Igreja e às pessoas consagradas. Em visão Santa Faustina havia visto um anjo vindo à Terra para executar um justo castigo em razão de tantos pecados da humanidade. 

A santa se entristeceu profundamente por se sentir impotente diante de tal fato. Foi quando ela  ouviu uma voz, que lhe ensinou uma oração de reparação para aplacar a ira divina, a oração do Terço da Misericórdia. E foi  no dia 14 de setembro de 1935, dia da Exaltação da Santa Cruz.

Além de lhe ensinar a oração do terço da misericórdia, Nosso Senhor fez muitas promessas àqueles que recitarem com devoção essa oração. 

Santa Faustina registrou todas as promessas de Jesus Misericordioso em Seu Diário, nele ela relata com detalhes as suas visões e também as palavras que o próprio Cristo lhe dirigiu.

 

Vamos conhecer essas promessas?

 

#1 Jesus promete acompanhar aquele que reza este Terço com Sua benevolência durante toda a sua vida: 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

São vários os trechos do diário de Santa Faustina em que Nosso Senhor promete acompanhar por toda a vida, com sua misericórdia e graças, os fiéis que recitarem o terço da misericórdia, confira:

“As almas que rezarem este Terço serão envolvidas pela Minha misericórdia, durante a sua vida” (D 754); 

“Oh! que grandes graças concederei às almas que recitarem esse Terço. As entranhas da Minha misericórdia comovem-se por aqueles que recitam este Terço” (D 848); 

“Minha filha, exorta as almas a rezarem esse Terço que te dei. Pela recitação deste Terço agrada-Me dar tudo o que Me peçam (D 1541) – se estiver conforme à sua vontade” (D 1731);

 

#2 Jesus promete particular assistência na hora da morte: 

Nosso Senhor promete também aos fiéis que recitarem o terço da misericórdia, uma particular atenção no fim de nossa peregrinação terrestre. 

Nós nunca sabemos em que momento ocorrerá nossa passagem para a vida eterna, que estejamos então preparados por meio dessa preciosa oração que é o terço da misericórdia.

“Todo aquele que o recitar alcançará grande misericórdia na hora da sua morte” (D 687; cf. 754; 1541);

 

#3 Jesus promete olhar para toda a humanidade com compaixão: 

Como é bom saber que nossa oração pode alcançar toda a humanidade, de fato, o terço da misericórdia é uma oração de reparação pelos nossos pecados e os pecados do mundo inteiro.

“Minha filha, agrada-Me a linguagem do teu coração; pela recitação desse Terço aproximas a Humanidade de Mim” (D 929);

 

#4 Jesus promete a graça da paz e da conversão aos pecadores: 

Jesus nos promete não só a misericórdia aos pecadores, que somos todos nós, mas Ele também nos garante a conversão até mesmo dos corações mais duros, por isso recorramos a essa poderosa oração, ensinada pelo próprio Senhor.

“Os sacerdotes o recomendarão aos pecadores como a última tábua de salvação. Ainda que o pecador seja o mais endurecido, se recitar este Terço uma só vez, alcançará a graça da Minha infinita misericórdia.” (D 687); 

“Quando os pecadores empedernidos o recitarem, encherei de paz as suas almas …”(D 1541);

 

#5 Jesus promete particular socorro ao agonizante pelo qual rezamos: 

Na quinta promessa, Nosso Senhor nos assegura que também às pessoas agonizantes pelas quais rezamos ele dará uma atenção especial na hora da morte. Por isso, não deixamos de recorrer a essa oração, não somente por nós, mas pelos enfermos, agonizantes e por toda a humanidade.

“Defendo toda alma que recitar esse Terço na hora da morte, como se fosse a Minha própria glória, ou quando outros o recitarem junto a um agonizante, eles conseguirão a mesma indulgência. Quando recitam esse terço junto a um agonizante, aplaca-se a ira de Deus, a misericórdia insondável envolve a alma e abrem-se as entranhas da Minha misericórdia, movidas pela dolorosa Paixão do Meu Filho” (D 811; cf. 810; 834; 1035; 1036; 1541; 1565; 1797).

Para fazer essa oração você pode utilizar um terço comum, como os que geralmente se usa para rezar o terço mariano, aprenda com as palavras do próprio Jesus à Santa Faustina:

 

“Tu a recitarás (…) por meio do terço do rosário, da seguinte maneira: Primeiro dirás o Pai-Nosso, a Ave-Maria e o Creio. Depois, nas contas do Pai-Nosso, dirás as seguintes palavras: ‘Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, a Alma e a Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro’. Nas contas da Ave-Maria rezarás as seguintes palavras: ‘Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro’. No fim, rezarás três vezes estas palavras: ‘Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro’ (D. 474 e 476).

Agora que você já conhece as promessas que Jesus fez a todos nós por meio de Santa Faustina. Mergulhe no oceano da misericórdia de Deus por meio dessa oração reparadora e deixe que Jesus cumpra Suas promessas em sua vida.

 

Quer saber mais sobre as revelações de Jesus à Santa Faustina?

Conheça o Diário de Santa Faustina, em que a irmã narra fascinantes encontros com Deus Misericordioso que permanecia na sua alma e falava ao seu coração. Jesus conduziu esta santa às alturas da união mística e manifestou a ela o mistério da vida Divina.

Acesso nossa loja e confira!

Leia também:

  • O que São João Paulo II nos ensina sobre a Divina Misericórdia? Clique aqui!
  • Aprenda a vivenciar a Hora da Misericórdia. Clique aqui!