Imitar a Cristo na doação de si mesmo

Cada pessoa é criada com o chamado para se doar para o outro em amor. Esta é a própria natureza da Trindade – amor que se doa – que todos nós somos chamados a imitar. Mesmo que cada pessoa cumpra esse chamado de maneira diferente, de acordo com seu estado de vida, seja ele através do casamento, da vida consagrada ou somente através de um dom sincero de si mesmo, você pode se encontrar completamente.

Portanto, de acordo com o seu estado de vida, quanto mais sinceramente e autenticamente você der de si mesmo, mais gratificante será sua vida e você encontrará a verdadeira paz e alegria.

Em última análise, é para isso que Cristo nos chama. “Quem acha a sua vida, a perderá, e quem perder a sua vida por minha causa a encontrará” (Mt 10,39).

Considere estas questões e pontos para examinar se você está vivendo o seu estado na vida ao máximo:

  • Você tem tempo suficiente para estar com os outros, para ouvi-los e compartilhar com eles o seu coração?
  • Você usa seu tempo livre de uma maneira que beneficie outras pessoas, ou você o utiliza apenas para seu próprio prazer (por exemplo, TV ou jogos)?
  • Como você responde àqueles que te machucaram? Você deseja se vingar ou excluir outras pessoas ou segue o exemplo de Jesus de perdão e reconciliação?

Em nosso mundo hoje, é difícil se entregar, especialmente se você foi ferido por outras pessoas. Sim, você deve ser prudente, sábio e virtuoso em seus relacionamentos, mas também é chamado a ser como Cristo para com os outros – perdoar, ter misericórdia e amar.

É para isso que Cristo nos chama nas bem-aventuranças. Ao tornar-se semelhante a Cristo para os outros, você encontrará a verdadeira alegria.

 

Fonte: Divine Mercy