Incêndios na Amazônia: oração pela proteção das florestas

Zonas da América do Sul com a presença de incêndios entre 15 e 22 de agosto de 2019. NASA

Dom José Antonio Eguren, Arcebispo Metropolitano de Piura, no norte do Peru, encorajou a pedir a Deus “a proteção de nossas florestas amazônicas”, diante dos diversos incêndios que afetam as matas no Brasil e na Bolívia.

O Arcebispo assinalou que “todos sabemos da importância da Amazônia, que tem 7,4 milhões de quilômetros quadrados e é a maior região de floresta tropical do planeta”.

Por esta razão, “consciente da importância da criação e de seu cuidado, pois é nossa casa comum”, encorajou a rezar a seguinte oração:

Deus todo-Onipotente,
Criador do Céu e da Terra.
Concede-nos, através da intercessão da Mãe do teu Filho,
a proteção de nossas florestas amazônicas,
da sua fauna e flora.

Mas acima de tudo, protege os povos que habitam lá
e afasta deles o fogo devastador.
Defende também os homens e mulheres que combatem estes incêndios.

Que Maria Santíssima, Mãe de Deus,
que é nosso auxílio e proteção,
estenda seu manto sobre nós
e assim extinga o fogo que nos ameaça.

Virgem Santíssima,
salva teu povo que clama a ti,
e roga por nós pecadores,
agora e na hora de nossa morte.
Amém.

De acordo com a Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço (NASA), em um relatório publicado em 19 de agosto, 2019 é “o ano mais ativo de incêndios nessa região desde 2010”.

“A atividade de incêndios na Amazônia varia consideravelmente de ano para ano e mês para mês, impulsionada por mudanças nas condições econômicas e climáticas. O mês de agosto de 2019 se destaca porque trouxe um aumento notável de incêndios grandes, intensos e persistentes”, assinalou a agência norte-americana.

Para a NASA, “embora a seca tenha desempenhado um papel importante ao exacerbar os incêndios no passado, o momento e a localização das detecções de incêndios no início da estação seca de 2019 são mais consistentes com o desmatamento do que com a seca regional”.

Fonte: Acidigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *