Papa Francisco: Maria é o caminho que devemos percorrer para chegar a Jesus

(Foto: Vatican News/Vatican Media)

Na manhã do primeiro dia do ano, às 10 horas, o Secretário de Estado do Papa Francisco, Pietro Parolin, celebrou a missa da Solenidade da Mãe de Deus. O Pontífice preparou a homilia que foi lida pelo Cardeal durante a celebração. Ele comenta que destacam-se três verbos que se realizam na Mãe de Deus: abençoar, nascer e encontrar. 

Abençoar 

O Papa cita o livro dos Números – “‘Abençoareis os filhos de Israel’. Dizei-lhes: ‘O Senhor te abençoe’”(6, 23-24). O Santo Padre afirma que essa é uma exigência concreta e que os sacerdotes precisam abençoar incansavelmente o povo de Deus. “O Senhor sabe que precisamos ser abençoados: a primeira coisa que Ele fez depois da criação foi bendizer – dizer bem –, declarar boa cada coisa e declarar-nos, a nós humanos, muito bons” fala o Pontífice. Ele declara que Maria é a benção de Deus, pois foi através dela que Jesus veio ao mundo. “Ao dar espaço a Maria, não só ficamos abençoados, mas aprendemos também a abençoar. Com efeito, Nossa Senhora ensina que a bênção se recebe para a dar”. O Papa Francisco diz que todos são chamados a bendizer em nome de Deus. 

Nascer

O Senhor nasceu como todos – através de uma mulher. “Não apareceu adulto, mas criança; não veio ao mundo por si só, mas de uma mulher, depois de nove meses no ventre materno onde se deixou tecer a humanidade”, destaca o Papa Francisco. O Santo Padre salienta que o coração do Senhor começou a palpitar em Maria. “Desde então, Maria une-nos a Deus, porque, n’Ela, Deus ligou-Se à nossa carne e nunca mais a deixou”. O Papa afirma que Maria é a ponte para chegar até Jesus. Dessa forma, através de Nossa Senhora, pode-se ter um encontro íntimo com Deus. O Pontífice evidencia que não estamos no mundo para morrer, mas para gerar vida. Sendo assim, é a Santa Mãe de Deus que ensina a dar a vida. Maria guardava todas as coisas no seu coração. O Santo Padre diz que é do coração que nasce o bem. Ele também salienta a importância de educar o coração para o cuidado com as pessoas e com as coisas. “Com efeito, além da vacina para o corpo, é necessária a vacina para o coração: e esta vacina é o cuidado. Será um bom ano se cuidarmos dos outros, como Nossa Senhora faz conosco” destaca o Papa Francisco. 

Maria não é apenas a ponte entre nós e Deus; é mais: é o caminho que Deus percorreu para chegar até nós e é o caminho que nós devemos percorrer para chegar até Ele

Papa Francisco

Encontrar

“Os pastores foram às pressas a Belém e encontraram Maria e José, e o recém-nascido deitado na manjedoura” (Lc 2, 16). Eles encontraram uma simples família. “Lá, porém, encontraram verdadeiramente Deus, que é imensidão na pequenez, fortaleza na ternura”, de acordo com o Santo Padre. Os pastores encontraram Jesus, pois foram chamados por um anjo. O Pontífice fala que se não fôssemos chamados pela graça, não teríamos encontrado Deus. “Na verdade, não se encontra de uma vez por todas o Senhor, mas devemos ir ter com Ele todos os dias”, segundo o Papa. O Santo Padre explica que é por isso que o Evangelho descreve os pastores à procura e em movimento. Eles não ficaram passivos, pois, para acolher a graça, é necessário estar em constante movimento. 

Ano Novo

O Papa Francisco convida a todos a neste início de ano encontrar tempo para alguém. “O tempo é a riqueza que todos temos, mas somos ciumentos a seu respeito porque queremos usá-la só para nós”. O Pontífice recomenda aos fiéis a pedir a graça de encontrar tempo para Deus e para o próximo. O Santo Padre finaliza a homilia pedindo a intercessão de Nossa Senhora para ter tempo e ele consagra o ano de 2021 a Ela. 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *