De judeu, comunista, ateu e anarquista a católico convertido

Fabrice Hadjadj: “A conversão é um ponto de partida, não de chegada” De família judia da esquerda radical, ele era ateu, niilista, comunista e só queria atacar a Igreja. Hoje, o professor francês Fabrice Hadjadj é um dos mais renomados pensadores católicos do mundo, depois de ter atravessado um longo processo de conversão. “Minha família…

Leia mais [...]