Casal medalhista é testemunho de família católica

Juliana_e_Marilson_dos_Santos-casalolimpicoMarílson dos Santos e Juliana dos Santos formam um casal de atletas brasileiros, católicos e que pela segunda vez disputam uma grande competição no próprio país. Em 2007, ambos foram medalhistas nos Jogos Pan-Americanos, no Rio de Janeiro, agora, voltam a competir na Olimpíada Rio2016.

Já em 2007, o casal demonstrou que sua afinidade vai muito além do atletismo e se completam como esposos que torcem um pelo outro e que confiam em Deus. Naquela época, Marílson conquistou a prata nos 10.000 metros pouco antes de Juliana entrar na pista e conquistar o ouro nos 1.500 metros.

“Pedi a Deus para que, se pudéssemos ganhar uma medalha de ouro, fosse para ela”, declarou o esportista na ocasião.

A esposa, por sua vez, retribuiu ao afirmar: “Essa medalha é do Marílson também. Ele tem sido fundamental para mim; me passou confiança, determinação. É ele que controla a minha parte emocional. Depois de ver a prova dele, como ele perdeu por tão pouco o ouro depois de batalhar o tempo todo, entrei pensando que não podia sair da pista sem o ouro, por nós dois”.

A conquista do Pan de 2007 foi a primeira ocasião em que Juliana mostrou ao mundo também a sua devoção à Virgem, ao subir no pódio carregando um Terço. Esse gesto se repetiu no ano passado, quando a atleta ganhou nos 5.000 metros nos Jogos Pan-Americanos no Canadá.

Juliana e Marílson são pais do pequeno Miguel, hoje com cinco anos. Após a conquista de 2015, a esportista deixou claro que não é fácil “ser mãe e voltar a ser atleta nesse nível”, mas ressaltou que ela e o marido querem acompanhar o filho. “Falamos que vamos ser bons atletas, mas que vamos ser bons pais também”, declarou.juliana-santos-

Esse testemunho de família, amor a Deus e devoção mariana são também expressos através das redes sociais, onde a atleta costuma postar agradecimentos ao Senhor por suas conquistas, por seu marido e filho.

Em uma das postagens mais recentes, em 6 de agosto, ela comemorou o aniversário de Marílson escrevendo que só tem que “agradecer a Deus pela sua vida e por tudo o que tem feito por nós”.

Já em outra publicação, ao agradecer a Deus pela vitória nos 3.000 metros no evento teste da Rio 2016, em maio, a atleta postou não só fotos da competição e do estádio, mas também uma imagem de um espaço preparado especialmente para Nossa Senhora, com uma estampa da Virgem, a Bíblia, seu terço e a medalha.

Fonte: Acidigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *