1° Dia do Cerco de Jericó é voltado para o perdão

Dentro da programação do Grupo de Oração, que acontece toda terça-feira, às 19h, está sendo celebrado no Santuário da Divina Misericórdia o Cerco de Jericó do Sentido da Vida. Na noite desta terça-feira, foi realizado o 1º dia do Cerco, que trouxe como tema: 70×7 O Milagre do Perdão.

A missionária e cantora Farlla Balbino foi a primeira participante deste novo Cerco de Jericó. A sua pregação foi baseada no perdão, relatando a sua história de provação.

Quando Farlla tinha 10 anos e morava com a sua família em Marabá-PA, ela presenciou a cena de um crime, em que seu pai foi assassinado a tiros.

Farlla afirmou em sua pregação que o primeiro passo para a cura interior é o perdão. “Eu comecei a rezar pelo perdão após uma experiência com Deus, quando eu tinha 13 anos. Não foi fácil para mim. Meu pai fez muita falta. Mas eu não posso deixar de perdoar, porque eu mereço ser livre. E você também merece.

O Senhor coloca em meu coração agora a mágoa da traição. Perdoe incondicionalmente, porque a única pessoa presa nessa história é você.”

Diga: ‘Eu te dou o perdão. Sou filha(o) do Amor, sou filha(o) de Deus’.

Durante a pregação, Farlla incentivou os participantes a se libertarem, decidindo perdoar e rezar pelas pessoas que um dia as magoaram.

“E quando eu sei que perdoei? Quando eu não lembro mais com dor, com ódio, com raiva. E de vez em quando me pego rezando pela salvação daquele homem.”

Refletindo sobre o tema do 1º dia do Cerco, Evangelho de Mateus 18,21: Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: “Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?”. Jesus respondeu: “Eu lhe digo: não até sete, mas até setenta vezes sete.

“Eu preciso perdoar para não perder o céu, e para que a outra pessoa também não perca o céu. Mude a sua história. É possível enxergar de uma forma ou de outra. Decida-se.”

“Aconteceram muitas coisas em minha vida, mas a minha confiança em Deus foi me renovando a cada dia. Deus vai te amparar. Os milagres acontecem para quem quer que eles aconteçam.”

Farlla encorajou os devotos a deixarem o Senhor realizar no coração aquilo que Ele está querendo realizar. “Eu experimentei muitos milagres em minha vida, porque abri o meu coração e deixei Deus fazer.”

No seu livro É tempo de ser Curado, Restaurado e Liberto, capítulo 8, Farlla indicou alguns passos para ajudar na questão do perdão:

  1. Decisão;
  2. Se colocar no lugar do outro;
  3. Entender o outro;
  4. Lembrar que ele é filho do mesmo Pai;
  5. Pedir que Deus leve ele para o céu junto com você.

A pregadora também chamou a atenção para outra situação. “As vezes você necessita perceber que quem precisa se perdoar por algo é você mesmo, que é tão duro consigo e que acaba transbordando esse ser carrasco nos outros”.

Para a missionária, essa pessoa não está banhada na misericórdia do Senhor. “Deus te enche da docilidade do Seu perdão. E quando eu consigo entender que Deus me ama incondicionalmente, eu consigo transbordar a compreensão, o amor e a misericórdia de Deus. É simples, é só lembrar de onde você veio”.

Encerrando, Farlla propôs um exercício: visualizar você de mãos dadas com Jesus, indo ao encontro da pessoa que te magoou e falar que ela te feriu, que não te fez bem, mas que você a está perdoando sem nada em troca. Traga diante de Jesus a pessoa que mais te prejudicou na vida, e nesse momento visualize toda essa corrente sendo solta e liberta. Você sendo capaz de perdoar, porque o seu coração está cheio do amor de Deus, porque você está banhado na Misericórdia de Deus. O Senhor tudo pode mudar, tudo pode realizar, tudo pode fazer. Ore.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *