18º Congresso: Quinta palestra

18º Congresso Nacional da Divina Misericórdia

Quem confia na minha misericórdia não perecerá […], e os inimigos são destroçados aos pés do Meu escabelo” (Jesus – Diário, 723).

A Irmã Zélia Garcia, da Congregação da Copiosa Redenção, conduziu a quinta palestra do 18º Congresso Nacional da Divina Misericórdia. O tema da palestra foi: “A presença de Nossa Senhora na vida de Santa Faustina”.

Irmã Zélia iniciou a sua meditação falando sobre a beleza da simplicidade, pureza e sabedoria de Santa Faustina. “Foi uma mulher sábia, que entendeu que para amar Jesus Misericordioso e viver as experiências do céu, precisava aprender da fonte da Misericórdia, daquela que o gerou, da Virgem Maria que conhece o que é Misericórdia de verdade”.

A palestrante leu para os devotos a passagem 79 do Diário de Santa Faustina que diz:

“Maria, minha Mãe e Senhora, entrego-vos a minha alma e o meu corpo, a minha vida e a minha morte e tudo o que vier depois dela. Deposito tudo em vossas mãos, ó minha Mãe. Cobri a minha alma com o vosso manto virginal e concedei-me a graça da pureza do coração, da alma e do corpo, e defendei-me com o vosso poder de todos os inimigos, especialmente daqueles que escondem a própria maldade sob a máscara da virtude. Ó lindo lírio, vós sois para mim o espelho, ó minha Mãe!”

Meditando este trecho do Diário a Irmã revelou que em sua vida ela não tem dúvida de que Nossa Senhora é o seu espelho. “Ela me acalma e me pega no colo nas horas mais difíceis da minha vida”. A Irmã destacou também que, de acordo com Santa Faustina, quem não tem a Virgem Maria à frente de seu combate está perdendo muito tempo na vida.

A Irmã então relatou que foi na Escola de Nossa Senhora que aprendeu a adorar Jesus, a comungar Jesus, a ler a Palavra de Deus todos os dias. “A virgem Maria é mestra e formadora e foi rezando o Santo Rosário que vou tendo uma escuta mais profunda da voz de Deus”. 

Quem tem Nossa Senhora à frente escuta a voz de Deus o tempo inteiro

“Como é bonito olhar para Santa Faustina e ver que ela viveu a sua experiência junto com Nossa Senhora e Jesus Misericordioso e por isso antecipou o céu, antecipou a eternidade para a sua vida.”

“Eu quero encerrar essa pregação com você segurando na mão da Mãe da Misericórdia, daquela que é Vida, Doçura, Esperança. Daquela que nunca falhou”.


Assista a 5º Palestra

18º Congresso Nacional da Divina Misericórdia

Palestra

Publicado por Santuário da Divina Misericórdia em Sábado, 16 de novembro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *