20º Congresso: Abertura e Hora da Misericórdia

20º Congresso Nacional da Divina Misericórdia

“A Misericórdia Divina no Mistério da Redenção”

Na tarde desta sexta-feira, dia 12 de novembro, o Reitor do Santuário da Divina Misericórdia, Padre Francisco Anchieta, MIC, realizou a abertura do 20º Congresso da Misericórdia – um encontro consolidado que acontece em Curitiba-PR e distingue-se por ser o maior encontro formativo do Brasil focado na Divina Misericórdia.

Em decorrência da pandemia, este ano o encontro vai acontecer de maneira on-line e presencial, nos dias 12, 13 e 14 de novembro e seguirá todos os cuidados para evitar a transmissão da covid-19.

Após acolher os participantes presenciais e on-line, o Padre e recebeu a bandeira do Brasil, do Vaticano e da Congregação dos Padres Marianos. Também teve entrada as relíquias de Santa Faustina, Bem-aventurado Padre Miguel Sopoćko, São João Paulo II, Santo Estanislau de Jesus e Maria Papczynski, fundador da Congregação dos Padres Marianos, e dos Pastorinhos Francisco e Jacinta.

Em homenagem à Nossa Senhora, pedindo a sua intercessão pelos três dias de encontro do 20ª Congresso da Misericórdia, as jovens do Ministério de Dança realizaram uma apresentação especial, durante a abertura do encontro.

Assim como a edição anterior, o tema do 20º Congresso segue uma abordagem inspirada nos ensinamentos teológicos do Padre Miguel Sopoćko – utilizando como base o 2º volume do livro “A misericórdia de Deus em Suas obras”.

O Congresso traz a temática “A Misericórdia Divina no mistério da Redenção”, e com este tema, busca-se refletir sobre a nossa salvação como uma obra da misericórdia de Deus, que nos resgatou da escravidão com o preço da vida do Seu Filho.

Hora da Misericórdia

Diante do Santíssimo Sacramento teve início a Hora da Misericórdia.

Na companhia da missionária Daniela Miranda (apresentadora do Terço da Misericórdia na TV Canção Nova) e das Imãs de Jesus Misericordioso, foi rezado o Ato de Adoração e Confiança, extraído do trecho 356 do Diário de Santa Faustina. E, então, foi recitado o Terço da Divina Misericórdia.

Finalizando com a bênção do Santíssimo o Reitor pediu uma bênção especial, de cura física e espiritual, para o Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *