Encerramento do Cerco de Jericó no Santuário da Divina Misericórdia

A partir da leitura de Hebreus 11:1-13 o pregador Daniel Godri Jr. destacou o exemplo dos Heróis do Antigo Testamento, conforme o tema do último dia do Cerco de Jericó de Abraão.

São exemplos de acordo com a leitura de Hebreus: Abel, Enoque, Noé, Abraão. Eles tiveram dificuldades e problemas, mas tiveram grandes experiências com Deus, porque eram homens de fé. Daniel reforça que a fé é o fundamento da esperança, é a certeza daquilo que não se enxerga.

“O contrário de fé é o medo. Por isso Jesus dizia: ‘não tenha medo’. A Palavra de Deus diz 365 vezes a frase: ‘não tenha medo’. Pela fé podemos fazer milagres no nome de Jesus, mas ela precisa virar obra para que frutifique e transforme”, disse.

A fé na prática

O pregador incentivou os fiéis a pedirem ao Santíssimo uma fé inabalável. “Uma fé que não para quando os outros mandam parar, uma fé que não para quando você está sendo perseguido, uma fé que não para quando ela é posta a prova, quando você é ridicularizado e quando dizem que o seu Deus é fraco”.

Godri explicou que quem tem fé permanece de pé, mesmo com o coração despedaçado. Mas é sempre necessário traduzir a fé em mudança de vida, em obras, santidade e renúncia ao pecado. E estimulou os fiéis a fazerem essa mudança por amor a Deus.

De acordo com o pregador, quem tem fé não tem o interior atingido, somente o exterior é atingindo. Como o Apóstolo São Paulo, que mesmo preso na cadeia permanecia com o interior alegre no Senhor.

A última palavra em minha vida

“Permita que Deus trabalhe em sua vida, permita que Ele tenha a última Palavra, te conduzindo a uma vida plena. Deus é misericordioso e a Sua misericórdia é infinita. A única coisa que Ele nos pede é querer com confiança. O que não conseguimos realizar, Ele vem em nosso auxílio: dando-nos graça para vencer ou nos dando graça para aguentar e suportar. Quem O busca é recompensado com paz no coração”, assegurou.

Sete voltas do Santíssimo

  • Na 1ª volta, foi rezado pela muralha da desconfiança. Que este sentimento seja derrubado em sua vida. Peça Fé a Jesus.
  • A 2ª volta foi pedida pela muralha da dúvida. Nós devemos buscar esclarecer as nossas dúvidas, pedir que Jesus nos ajude a vencer toda dúvida.
  • Durante a 3ª volta do Santíssimo, pediu-se ao Senhor para que Ele derrube as mágoas em relação à Igreja e seus representantes. A sua fé se baseia em seres humanos ou em Deus?
  • A 4ª volta foi lembrada pelo medo. Que o Senhor derrube esta muralha na vida de cada um e nos preencha com coragem. Qual medo tem impedido você de se entregar totalmente nas mãos de Jesus?
  • Na 5ª volta, foi clamado ao Senhor que as muralhas do orgulho e da autossuficiência sejam derrubadas. Reconheça que você precisa da Misericórdia de Deus em sua vida.
  • Durante a 6ª volta, pedimos que sejam derrubadas as muralhas da tristeza profunda e das decepções. Faz de mim uma pessoa livre para crer, Jesus.
  • A 7ª e última volta do Santíssimo, foi rezado pela muralha do ateísmo no mundo, pela teimosia e dificuldade em se aceitar que Jesus, Filho de Deus, é o nosso Salvador. Que Deus toque profundamente o coração de quem ainda não se abriu para o Rei da Glória.

Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *