Mês Vocacional 2021: Cristo nos salva e nos envia

No mês de agosto a Igreja no Brasil celebra o Mês Vocacional, este período é dedicado à oração, reflexão e ação nas comunidades, desenvolvidas com base nas vocações.

Este mês especial traz o tema: “Cristo nos salva e nos envia” e o lema é “Quem escuta a minha palavra possui a vida eterna” (cf. Jo 5,24) – tema este que vem da Exortação Apostólica Pós-Sinodal, Christus Vivit (Cristo vive), do Papa Francisco.

A cada domingo é celebrado uma vocação: 1º sacerdócio e os ministérios ordenados; 2º família; 3º vida consagrada; 4º vocação dos leigos – àqueles que dedicam suas vidas para os serviços pastorais e missionários.

O subsídio que animará o Mês Vocacional de 2021 foi constituído por várias pessoas, envolvendo os organismos que compõem a Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), bem como outras Comissões da CNBB.

Hora Vocacional

O subsídio leva o nome de “Hora Vocacional”, ou seja, momento orante de escuta da Palavra de Deus, leitura, meditação e contemplação.

O material é composto por seis roteiros de Leituras Orantes e cinco Rodas de Conversa, com temas relacionados às vocações específicas – cristãos leigos e leigas, família, catequistas, missão, vida consagrada, ministério ordenado, animação vocacional da juventude. Além disso, o subsídio oferece uma proposta de Terço Vocacional e uma Vigília Vocacional. No fim, uma reflexão a partir da mensagem do papa Francisco para o Dia Mundial de Oração pelas Vocações de 2021, cujo tema foi “São José: o sonho da vocação”.

Segundo Dom João Francisco Salm, presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, a mensagem pode ser complemento para qualquer das propostas de celebração, nas três palavras chave vocacionais ali meditadas pelo papa Francisco. “O chamado de Deus realiza nossos maiores sonhos; nossa resposta concretiza-se no serviço e na missão; essa vocação – chamado e resposta – vai amadurecendo através da fidelidade cotidiana”, disse.

“O Hora Vocacional é para ser utilizado durante o ano todo. A proposta é produzir a cada novo ano um novo subsídio vocacional, a partir do tema central. Que possamos continuar o mandamento de Jesus, quando se dirigiu aos seus mais próximos e disse: “Rogai, pois, ao Senhor da messe para que envie trabalhadores à sua messe” (Mt 9,38, Lc 10,2)”, explicou o presidente da Comissão, Dom Salm.

Onde adquirir






Fonte: CNBB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *