Papa Francisco afirma que para adorar a Jesus é necessário ver além do visível

(Foto: Jerzy Górecki/Pixabay)

O Papa Francisco presidiu a Solenidade da Epifania do Senhor, nesta quarta-feira (06), na Basílica do Vaticano. O Santo Padre cita o Evangelista Mateus, quando os Magos chegaram a Belém e viram Jesus com Maria e prostraram-se em adoração. “Adorar o Senhor não é fácil, não é um fato imediato: exige uma certa maturidade espiritual, sendo o ponto de chegada de uma jornada interior, às vezes longa”, afirma o Pontífice. Segundo o Papa adorar a Deus não é algo espontâneo nas pessoas, porém o ser humano precisa adorar a Deus. Caso contrário, irá adorar o diabo.  O Santo Padre destaca que neste tempo, particularmente, é necessário dedicar mais tempo à adoração. Uma das lições dos Magos, de acordo com o Pontífice, é que os fiéis devem se prostrar e adorar o Senhor.  O Papa Francisco evidencia três expressões para entender o que significa ser adorador de Jesus. “Essas expressões são: ‘levante os olhos’, ‘pegue a estrada’ e ‘veja’”.

Levante os olhos

“Levante os olhos ao redor e olhe” Isaías 60:4. Segundo o Papa, esse é um convite para deixar de lado todo o cansaço e as queixas. “Para adorar ao Senhor é primeiro necessário ‘levantar os olhos’: ou seja, não ser aprisionado pelos fantasmas interiores que desligam a esperança, e não fazer problemas e dificuldades no centro de sua existência”. Dessa forma, o Pontífice explica que isso não significa negar a realidade, mas olhar para os problemas com um olhar diferente. “Este olhar, que, apesar dos acontecimentos da vida, permanece confiante no Senhor, gera gratidão filial. Quando isso acontece, o coração se abre para a adoração”. O Santo Padre fala que quando se levanta os olhos para Deus, os problemas não desaparecem, mas o Senhor dá a força necessária para superá-la. 

Pegar a estrada

“Eis que alguns Magos vieram do leste para Jerusalém e disseram: ‘Onde está ele que nasceu, o rei dos judeus? Vimos sua estrela aparecendo e viemos para adorá-lo'”(Mt 2:1-2). De acordo com o Papa, viajar sempre envolve uma transformação, uma mudança. “Há sempre algo novo para aqueles que fizeram uma jornada: seus conhecimentos se expandiram, viram pessoas e coisas novas, experimentaram o fortalecimento da vontade de lidar com as dificuldades e riscos da jornada”. O Pontífice explica que os adoradores do Senhor amadurecem conforme o tempo. “Aqueles que se permitem ser moldados pela graça geralmente melhoram com a passagem do tempo: o homem externo envelhece – diz São Paulo – enquanto o homem interior se renova dia após dia (cf. 2 Cor 4:16), envelhecendo-se melhor e melhor para adorar o Senhor”. O Pontífice  convida a todos os fiéis, a exemplo dos Magos, a permitirem ser instruídos pelo caminho da vida. 

A vida não é uma demonstração de habilidade, mas uma jornada para aquele que nos ama

Papa Francisco

Veja

“Ao entrar em casa, viram a criança com Maria, sua mãe, prostrada e adorada”(Mt 2:10-11). O Papa afirma que a adoração foi um ato de homenagem reservado aos reis. Os Magos adoraram Jesus, pois sabiam que Ele era o Rei dos Judeus. “Mas, na verdade, o que eles viram? Eles viram uma pobre criança com sua mãe. No entanto, esses estudiosos, que vieram de países distantes, foram capazes de transcender essa cena tão humilde e quase resignada, reconhecendo naquela criança a presença de um soberano”. Eles conseguiram “ver” além da aparência. O Santo Padre afirma que para adorar Jesus é necessário “ver” além do visível. “É, portanto, um olhar que, não se deixando deslumbrar com os fogos de artifício do exibicionismo, busca em todas as ocasiões o que não passa, procura o Senhor”, evidencia o Pontífice. Por isso, o Papa recomenda, citando São Paulo, a não fixar os olhos nas coisas visíveis, mas sobre as coisas invisíveis.

Para adorar o Senhor é necessário “ver” além do véu visível, o que muitas vezes se mostra enganoso.

Papa Francisco

“Que o Senhor Jesus nos faça verdadeiros adoradores, capazes de manifestar com sua vida seu plano de amor, que abraça toda a humanidade”, finaliza o Papa Francisco, pedindo a graça para que todos os fiéis e para que toda a igreja saiba adorar a Deus.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *