Para a JMJ 2016 mais de 225 mil peregrinos se inscreveram para visitar Auschwitz

News-auschwitz
Campo de concentração de Auschwitz | Foto: JMJ Cracóvia 2016

Durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontecerá de 25 a 31 de julho em Cracóvia, na Polônia, muitos jovens querem aproveitar a oportunidade para conhecer o antigo campo de concentração nazista de Auschwitz. O número de inscritos para essa visita já chegou às 225 mil pessoas.

De acordo com o site da JMJ 2016, de 20 a 28 de julho e 1 a 3 de agosto, o Museu de Auschwitz será aberto exclusivamente para os participantes da Jornada que reservaram a visita no site do antigo campo de concentração nazista.

A princípio, foram liberadas 133 mil entradas, que rapidamente foram preenchidas pelos peregrinos. Dessa forma, o Museu decidiu aumentar o número para 300 mil.

A organização da Jornada informou que ainda restam 75 mil entradas disponíveis e o peregrino precisa fazer sua reserva no site do Museu (mlodzi.duszpasterstwa.bielsko.pl/auschwitz/).

Localizado em Oświęcim, ao sul da Polônia, à 50 quilômetros de Cracóvia, o campo de concentração de Auschwitz foi aberto em 1940, e dois anos depois a sua segunda seção, Birkenau. É o mais conhecido entre os criados pela Alemanha Nazista na II Guerra Mundial.

Principal lugar do holocausto judeu, Auschwitz consiste em um campo e 40 sub-unidades, onde os nazistas mataram mais de 1,1 milhão de pessoas, em sua maioria judeus, poloneses, ciganos e prisioneiros de guerra soviéticos.

Neste local foram martirizados alguns santos, como São Maximiliano Maria Kolbe, franciscano polonês que ofereceu sua vida voluntariamente por outro prisioneiro, e Santa Teresa Benedita da Cruz, Edith Stein, monja carmelita de origem judia.

Auschwitz foi visitado por João Paulo II e Bento XVI. Em novembro do ano passado, após uma audiência com o Papa Francisco, o presidente da Polônia, Andrzej Duda, afirmou que o Santo Padre comentou com ele que gostaria de poder rezar no campo de concentração de Auschwitz e no Santuário Mariano de Czestochowa em Polônia, quando viajar ao país para a Jornada Mundial da Juventude.

Fonte: Acidigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *