Santuário leva refeições a moradores de rua

Ajudar ao próximo, dar de comer a quem tem fome, é uma obra de misericórdia e todos podem colaborar.

O Papa Francisco nos exorta: “Não se pode procrastinar diante de uma pessoa que tem fome: é preciso lhe dar de comer. Jesus nos diz isto. As obras não são temas teóricos, mas testemunhos concretos. Obrigam a arregaçar as mangas para aliviar o sofrimento”.

Com a sua ajuda e doação concreta para a Campanha de Evangelização do Santuário da Divina Misericórdia, podermos dar continuidade aos nossos trabalhos na divulgação da Devoção à Divina Misericórdia, e nos trabalhos pastorais de assistência aos necessitados.

Para ajudar acesse: https://misericordia.org.br/doe/


Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia (Mt 5,7)

O Pároco do Santuário da Divina Misericórdia, Francisco Anchieta, MIC, nos incentiva a interceder pelos outros, pois esta ação “nos leva a experimentar por primeiro a misericórdia de Deus, que age em nós e através de nós e nos capacita a praticar o que a Palavra nos ensina: “Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso” (Lc 6, 36). Ao praticar obras de misericórdia, experimentamos em nós, concretamente, a ação da graça que nos transforma, liberta e fortalece para sermos misericordiosos para com os outros”, explica o padre.

De acordo com o Catecismo da Igreja Católica, as Obras de Misericórdia “são ações caritativas mediante as quais ajudamos ao nosso próximo em suas necessidades corporais e espirituais”.

São 14 obras, sendo sete espirituais e sete corporais. Queremos convidá-lo a refletir sobre estas obras e a colocar em prática alguma delas, especialmente diante de todas as dificuldades que a sociedade tem passado com a pandemia do novo coronavírus.

O Papa Francisco chama a atenção para considerarmos que em cada um destes ‘menores’ está presente Cristo. “Sua carne se faz novamente visível como corpo martirizado, chagado, flagelado, desnutrido, em fuga (…) para que nós os reconheçamos, o toquemos e o assistamos com cuidado. Não esqueçamos as palavras de São João da Cruz: ‘No ocaso de nossas vidas, seremos julgados no amor’”.

Obras de misericórdia corporais:
1) Dar de comer a que tem fome.
2) Dar de beber a quem tem sede.
3) Dar pousada aos peregrinos.
4) Vestir os nus.
5) Visitar os enfermos.
6) Visitar os presos.
7) Enterrar os mortos.

Obras de misericórdia espirituais:
1) Ensinar os ignorantes.
2) Dar bom conselho.
3) Corrigir os que erram.
4) Perdoar as injúrias.
5) Consolar os tristes.
6) Sofrer com paciência as fraquezas do nosso próximo.
7) Rezar a Deus por vivos e mortos.

Para ajudar acesse: https://misericordia.org.br/doe/


Que a misericórdia infinita de Deus seja derramada sobre você!
Deus o abençoe e proteja.

Jesus, eu confio em Vós!

SERVIÇO
Local : Santuário da Divina Misericórdia.
Endereço: Estrada do Ganchinho, 570 – Umbará, Curitiba – PR.
Telefone: (41) 3148-3200.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *