CF 2015: “Eu vim para servir”

https://rsurgente.files.wordpress.com/2015/02/campanhadafraternidade.jpg

“Vida que resgata vidas!” Assim começa o texto base da Campanha da Fraternidade (CF) 2015, que este ano tem o tema “Fraternidade: Igreja e Sociedade” e o lema “Eu vim para servir”. O texto aborda o sentido solidário da vocação cristã que segue o exemplo de Cristo: “O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a vida em resgate por muitos” (Mc 10,45).

A CF foi lançada nesta quarta-feira, dia 18 de fevereiro, início da Quaresma, na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília (DF). O objetivo da campanha é aprofundar, a partir do Evangelho, o diálogo e a colaboração entre a Igreja e a sociedade como serviço ao povo brasileiro.

Segundo o bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Leonardo Ulrich Steiner, é preciso que os cristãos sejam como “fermento na massa”.

“Por ser Igreja, todo batizado é povo de Deus e deve estar no meio da sociedade, ajudando na transformação. Precisamos ser uma Igreja atuante que leva os valores do Evangelho, sem medo, que dá o rosto, os valores e o que tem de melhor””, disse o bispo.

Em mensagem enviada à Igreja no Brasil, o Papa Francisco recordou a Constituição Lumen Gentium e afirmou que a Igreja, enquanto “comunidade congregada por aqueles que, crendo, voltam o seu olhar a Jesus, autor da salvação e princípio da unidade, não pode ser indiferente às necessidades daqueles que estão ao seu redor”.

O Papa Francisco propôs para esse período quaresmal um exame de consciência para que, a partir de sua Doutrina Social, a Igreja realize suas tarefas prioritárias que contribuem para a dignificação do ser humano.

“É preciso ajudar aqueles que são mais pobres e necessitados. Lembremo-nos que cada cristão e cada comunidade são chamados a ser instrumentos de Deus ao serviço da libertação e promoção dos pobres, para que possam integrar-se plenamente na sociedade, isto supõe estar docilmente atentos, para ouvir o clamor do pobre e socorrê-lo”, escreveu o Papa.

Confira a mensagem do Papa aos brasileiros pela Campanha da Fraternidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *