Encerramento solene do Ano Santo Extraordinário da Misericórdia e fechamento da Porta Santa

O Santuário da Divina Misericórdia encerrou solenemente o Jubileu Extraordinário da Misericórdia e o fechamento da Porta Santa, neste domingo dia 20 de novembro, às 15h. A celebração iniciou com o Terço da Misericórdia e foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom José Antônio Peruzzo, junto com o Reitor do Santuário da Divina Misericórdia Padre Leandro A. Silva, MIC; Pároco Padre Francisco Anchieta, MIC; Vigário Padre Vanderlei Papinha; Frei Messias e o Diácono Tadeu Orso.

 dsc_0403

Ao fechar a Porta Santa da Misericórdia o Arcebispo afirmou: “Sabemos que não é a Misericórdia que se encerra, que continuemos a frequentar esta casa e este lugar para encontrar aqui Vosso olhar compassivo, Vossos gestos misericordiosos, Vossas palavras reconciliadoras. Que partindo hoje daqui, levemos conosco a alegria de saber que Vós nos fazei próximos, que jamais pronunciou uma palavra de condenação para quem deseja a Vossa paz. Vem, Senhor, fechar conosco as portas do Ano Santo da Misericórdia, mas abrir as portas do Vosso coração para que nunca nos falte a Vossa graça misericordiosa”.

dsc_0525

 

dsc_0520

 

dsc_0529

Em entrevista para a equipe de comunicação do Santuário da Divina Misericórdia, Dom José Antônio Peruzzo destacou que a Misericórdia de Deus não tem prazo, é eterna.
“O Ano Santo termina porque é um ano, tem prazos para começar e para terminar, mas Deus não tem prazos para ser misericordioso. Então vamos continuar a cultivar a alegria do perdão recebido e retomar o caminho, sabendo que quem deseja chegar à plenitude depende menos de indulgências e mais de fidelidades e caminhos de confiança. O perdão de Deus está disponível a qualquer ano e a qualquer tempo. O ano, nós é que precisamos para salientar determinados temas. Deus é sempre misericordioso, acima dos tempos e dos calendários. A Sua Misericórdia se sobrepõe sempre.”

11_ano_santo_acabou

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *