Hora da Misericórdia no Santuário

“Ele vive, ele reina, venceu a morte, venceu a cruz” – disse Padre Francisco Anchieta, MIC, iniciando o momento da Hora da Misericórdia dentro das festividades da Festa Nacional da Divina Misericórdia.

Padre Anchieta leu as palavras de Jesus dirigidas a todos nós por meio de Santa Faustina:

Lembro-te, Minha filha, que todas as vezes que ouvires o relógio bater três horas da tarde, deves mergulhar toda na Minha misericórdia, adorando-a e glorificando-a. Implora a onipotência dela em favor do mundo inteiro e especialmente dos pobres pecadores, porque nesse momento foi largamente aberta para toda alma. Nessa hora conseguirás tudo para ti e para os outros. Nessa hora realizou-se a graça para o mundo inteiro: a misericórdia venceu a justiça. Minha filha, procura rezar, nessa hora, a via-sacra, na medida em que te permitirem os teus deveres, e, se não puderes fazer a via-sacra, entra, ao menos por um momento, na capela e adora o Meu Coração, que está cheio de misericórdia no Santíssimo Sacramento. Se não puderes ir à capela, recolhe-te em oração onde estiveres, ainda que seja por um breve momento. Exijo honra à Minha misericórdia de toda criatura, mas de ti em primeiro lugar, porque te dei a conhecer mais profundamente esse mistério” (Diário, 1572).

Na sequência iniciou-se a oração do Terço da Misericórdia. Uma das dezenas do terço foi lindamente cantada pelo coral do Santuário da Divina Misericórdia.

por Gislaine Keizanoski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *