Natal – tempo de misericórdia!

natal-e-misericordia

“O povo que andava nas trevas viu uma grande Luz”. É dessa forma que o Profeta Isaías se refere ao nascimento de Jesus. A grande luz que tira a humanidade das trevas é Jesus Cristo, para quem tudo foi feito. Todo o universo se curva em adoração àquela pequena criança, nascida em Belém, de forma tão singela, mas que tem o poder de dar sentido à vida de cada um.

Sobre esse tão grande Dom de Deus escreve o Pe. Miguel Sopoćko,  diretor espiritual de Santa Faustina, no seu  livro A misericórdia de Deus em suas obras: “Após o pecado o gênero humano encontrou-se numa grande miséria, que se manifestou no orgulho, na sensualidade e na afeição pelas coisas temporais. Ao nascer numa gruta, o Salvador fornece um remédio para essas enfermidades, contrapondo o orgulho com a máxima humildade, a afeição pelas coisas temporais com a pobreza, e a sensualidade com a mortificação. Ele é o verdadeiro médico que traz para as feridas da alma humana o bálsamo que alivia, que o anima pelo Seu exemplo e que o retira da sua máxima miséria. Esse é o início da misericordiosa ação de Cristo.

Um grande júbilo e alegria irradiam-se da gruta de Belém pelo mundo todo. Eis que se inicia uma nova era, eis que se estabelece uma nova Aliança entre Deus e os homens, eis que se cria uma vida, absolutamente nova, divino-humana. A partir desse momento Deus olhará para os homens somente através de Cristo, e os homens vão recorrer a Deus através do novo Mediador, que é, ao mesmo tempo, verdadeiro Deus e verdadeiro Homem. Aqui já se fazem realidade as palavras do Apóstolo das Nações: “Deus, rico em misericórdia, […] deu-nos a vida com Cristo (Ef 2, 4)”.

O nascimento de Jesus é motivo de imensa alegria. A equipe do Apostolado da Misericórdia, compartilhando dessa alegria, deseja a todos um Feliz Natal!

11_10_principais_atitudes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *