Papa afirma que a Cruz é “um mistério de amor”


Na celebração desta manhã (14) na capela da Casa de Santa Marta, o Papa Francisco e dedicou a homilia à Exaltação da Cruz, festa celebrada neste dia.

O Papa advertiu sobre duas tentações espirituais que acontecem ante a Cruz de Cristo: 1ª a de pensar em Jesus sem cruz e fazer dele um “mestre espiritual”; 2ª de uma cruz sem Cristo, isto é, não ter esperança, em uma espécie de “masoquismo” espiritual.

Francisco assinalou que a cruz é um “mistério de amor”. “Somente com a contemplação se vai avante neste mistério de amor”, afirmou. “Jesus desceu do Céu para levar todos nós a subir ao Céu” e “este é o mistério da cruz”.

Ao comentar a leitura de São Paulo da liturgia do dia, disse: “Esta é a descida de Jesus: até embaixo, à humilhação, esvaziou a si mesmo por amor. E por isso, Deus o exaltou e o fez subir. Somente se nós conseguirmos entender esta descida até o fim, podemos entender a salvação que nos oferece este mistério do amor”.

O Papa recordou que os Gálatas caíram em “uma ilusão de um Cristo sem cruz ou de uma cruz sem Cristo”. “Estas são as duas tentações” às quais o Papa se referiu.

“Um Cristo sem cruz que não é o Senhor: é um mestre, nada mais que isso. É aquele que, sem saber, talvez Nicodemos buscava. É uma das tentações. Sim, Jesus que bom o mestre, mas… sem cruz, Jesus. Quem os encantou com esta imagem? A raiva de Paulo. Jesus Cristo apresentado, mas não crucificado”, acrescentou.

Outra tentação “é a cruz sem Cristo, a angústia de permanecer lá embaixo, com o peso do pecado, sem esperança. É uma espécie de ‘masoquismo’ espiritual. Somente a cruz, mas sem esperança, sem Cristo”.

E a cruz sem Cristo seria “um mistério trágico”, como as tragédias pagãs. “Mas a cruz é um mistério de amor, a cruz é fiel, a cruz é nobre. Hoje podemos tirar alguns minutos e cada um fazer uma pergunta: para mim, o Cristo crucificado é mistério de amor? Eu sigo Jesus sem cruz, um mestre espiritual que nos enche de consolação, de bons conselhos? Sigo a cruz sem Jesus sempre me lamentando, com este ‘masoquismo’ do espírito? Deixo-me levar por este mistério do abaixamento, esvaziamento total e exaltação do Senhor?”.

Fonte: Acidigital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *