Primeira palestra na Festa Nacional da Misericórdia 2019

A primeira palestra dentro da programação da Festa Nacional da Misericórdia, no Santuário da Divina Misericórdia em Curitiba-PR, foi conduzida pela Leia Catenassi.

A palestrante conduziu o momento a partir de um trecho do Diário de Santa Faustina que diz:

“Terminada a adoração, na metade do caminho para a cela, fui cercada por uma multidão de cães negros e grandes, que pulavam e uivavam, querendo despedaçar-me. Percebi que não se tratava de cães, mas de demônios. Um deles disse com raiva: “Por nos teres arrebatado, esta noite, tantas almas, te faremos em pedaços”. — Respondi: “Se essa for a vontade de Deus misericordiosíssimo, podem despedaçar-me, pois eu o mereci com justiça, porque sou a mais miserável dos pecadores, e Deus, sempre santo, justo e infinitamente misericordioso”. — A essas palavras os demônios responderam todos juntos: “Fujamos, porque não está sozinha, mas com ela está o Onipotente” (Diário, 320).

Refletindo sobre as palavras de Santa Faustina, Leia questionou: “Qual é o sofrimento, qual a angustia que estava impedindo que a misericórdia se derramasse na tua vida?” e depois proclamou: “Deus está dizendo: isso não tem mais poder. Deus e a sua misericórdia é muito maior do que isso. Nada se compara a Misericórdia Divina”.

A palestrante estimulou os devotos: “Levanta da tua fraqueza, alimente-se da misericórdia e continue. Aqui não é o fim, é o começo. Por mais que os inimigos queiram te estraçalhar eles não vão conseguir!”.

Por Gislaine Keizanoski

Um comentário em “Primeira palestra na Festa Nacional da Misericórdia 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *