Rodrigo Ferreira na Festa da Misericórdia 2019

O pregador Rodrigo Ferreira, da Missão Louvor e Glória,  conduziu uma tarde de louvor neste Domingo da Misericórdia – Festa da Misericórdia.

Rodrigo ressaltou que Deus não se tornou misericordioso porque somos pecadores, mas que Ele é misericordioso. “O meu pecado não muda Deus. Deus é o que Ele é: misericórdia”.

“E como sei que Deus é misericordioso?”, questionou. “Sei a partir do momento que eu, pecador, busco a Deus e encontro o seu amor ao invés de um castigo”.

Deus nos ama pelo que somos, apesar do pecado

“Celebramos hoje a alegria de Deus que me ama pelo que eu sou, seu filho, independente do pecado. Assim nós devemos amar nossos familiares – a partir do que eles são e não do que eles fizeram, porque muitas vezes eles fazem coisas que nos chateiam. Mas se Deus fizesse só o que você merece, Ele não faria nada por você. Ele faz porque é misericordioso”.

Rodrigo comentou que muitos querem eliminar as pessoas da sua vida – pai, mãe, marido, etc – pelo que fizeram. “Não tire as pessoas da sua vida! Temos que aprender a ter misericórdia para com estas pessoas. Essa pessoa te compõem, não adianta querer eliminá-la. É como um pilar que dá sustentação a uma casa. Se eliminar, a casa vai cair”.

A misericórdia traz um novo significado

Conseguimos amar as pessoas a partir da Misericórdia Divina. “É na misericórdia que você encontra um significado para essas pessoas que fazem parte da sua vida”.

“Vamos sair daqui hoje – convidou Rodrigo – amando a todos. Vamos amar e ajudar a todos: os bons porque merecem; os maus porque precisam. Isso é misericórdia”.

por Gislaine Keizanoski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *