Santa Missa no primeiro dia do 17º Congresso Nacional da Misericórdia

17º Congresso Nacional da Divina Misericórdia

“Fala ao mundo da Minha grande e insondável Misericórdia” (Diário, 164)

 

A Santa Missa do primeiro dia do 17º Congresso Nacional da Divina Misericórdia foi celebrada pelo Bispo Dom Amilton Manoel da Silva e concelebrada pelos padres que estão participando do Congresso.

Dom Amilton falou em sua homilia que as coisas do mundo nos desfocam da fé e da vida, e que assim não vivemos o presente com alegria e com intensidade. O Bispo destacou então o que de fato os Congressistas vieram buscar com o Congresso: “essa experiência é para qualificar o seu ser cristão a cada dia, pela via da misericórdia”.

As leituras de hoje trazer duas virtudes: 1ª antecede a misericórdia: o amor. 2ª decorre da misericórdia: vigilância.

A Misericórdia é a expressão maior do amor. A Misericórdia é uma forma especial de dedicação.

Devemos vigiar para que não percamos a salvação que Jesus veio nos dar.

Quem ama é misericordioso e quem não consegue se fazer misericordioso, precisa rever seus o seu jeito de amar e de se comprometer com Deus e com o outro, o jeito de se fazer próximo na escuta, no toque. Num mundo que ninguém escuta ninguém, se faz necessário ouvir o outro, “perder tempo” com o outro, ouvir o grito dos pobres, porque isso vai fazer bem para o coração do próximo. Isso faz a humanidade ser melhor! Vigiai.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *